Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Raças & Espécies > Repteis > Mamba-preta

pinterest



Mamba-preta

 mambapreta
Mamba-preta
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Serpentes
Família: Elapidae
Género: Dendroaspis
Espécie: D. polylepis
Nome binomial
Dendroaspis polylepis
Gunther, 1864
A Mamba-negra (Dendroaspis polylepis) é uma das cobras mais venenosas do mundo. Ao contrário do que diz o teste em cobaias, LD50 que não reproduz o efeito do veneno em seres humanos e sim em ratos, mas o organismo do rato é diferente do ser humano e por isso reage diferentemente ao seu poder. Seu tamanho varia de 2,5 m a 4,5 m. a cobra mais rápida do mundo, capaz de se deslocar a 20 km/h. No entanto, usa essa velocidade para escapar do perigo e para atacar as suas presas.[1]
Ao contrário das outras espécies do mesmo género, vive a maior parte do tempo no solo, mas pode escalar árvores com facilidade. Sua dieta consiste de pequenos mamíferos e aves. Tem um bote muito rápido e seu veneno neurotóxico causa paralisia, podendo levar a vítima à morte em menos de 20 minutos se não for tratada rapidamente. Sem o tratamento é mortal em 100% dos casos . No verão, a fêmea coloca de 12 a 18 ovos. A expectativa média de vida da mamba-preta é de 12 anos.
A mamba-negra não tem este nome devido à cor do seu corpo, já que tem uma cor acinzentada(variável), mas ao interior preto da sua boca, que ela exibe em sinal de ameaça. Ao contrário do que por vezes se diz, não ataca voluntariamente o homem. No entanto ,se torna ferozmente agressiva se sentir ameaçada.
encontrada na Africa do sul, Quênia, Tanzânia, Zâmbia, Zimbábue, Moçambique, Botswana, Angola e Namíbia Curiosidade
Black Mamba (mamba-negra) é o codinome de Beatrix Kiddo, personagem vivida por Uma Thurman no filme Kill Bill, de Quentin Tarantino. Também é o apelido do jogador de basquete Kobe Bryant e do jogador de futebol americano De'Anthony Thomas.

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos