Digite aqui a palavra-chave.






Redes Sociais


Instagram

Home Page > Raças & Espécies > Gatos > chartreux




chartreux

 chartreux
Origem e história
a história da raça chartreux mais parece uma lenda
reza a lenda, que os seus antepassados chegaram a frança por mar, vindos provavelmente da antiga síria e irã e, trazidos pelos cavaleiros que regressavam das cruzadas
diz a história que o chartreux viveu e recebeu este nome dos monges carthusian da frança e talvez tenha compartilhado com eles o famoso licor de chartreuse porém, uma recente pesquisa indica que por causa da aparência de lã da sua pelagem, ele recebeu o mesmo nome de uma lã espanhola muito conhecida no princípio do século xviii
a presença desta raça já era documentada desde o século xvi e era reconhecida pela sua textura e cor do pêlo sem igual contudo, o seu percurso até aos dias de hoje não foi fácil, uma vez que esteve quase em extinção, pois durante os séculos xviii e xix a sua pelagem e carne foram comercializados, pois o seu manto lanudo e fofo era muito apreciado
costumava ser criado por causa de seu incomparável pêlo aveludado, o que o fazia alcançar um preço elevado no entanto, na década de 1920, a raça diminuiu numericamente, mas felizmente sobreviveu graças aos esforços de duas freiras atraídas pelos gatos cinzas-azulados que vagueavam pelos terrenos do hospital belle-ile-sur-mer
cristine e suzanne iniciaram, então, a reprodução selectiva da raça adoptando um casal de chartreux que vivia na ilha, marquise e coquito estes gatos formaram o núcleo do seu programa de criação e uma das gatinhas da primeira ninhada, mignonne de guerveur foi a primeira gata chartreux a obter o título de campeã internacional foi considerada "a gata mais estética da exposição do cat club de paris" em 1931 e os seus descendentes foram campeões ou campeões internacionais
em 1939 foi reconhecido o primeiro standard da raça de chartreux e o famoso gato azul de frança passou a ser mais conhecido e representado na europa ocidental
no decorrer da 2ª guerra mundial, alguns criadores tentaram salvar a raça da extinção, acabando por fazer cruzamentos de gatos azuis com ou sem pedigree, e especialmente british blue e persas, para refinaram a tradicional raça francesa
a fife (federação internacional felina) em 1970, agrupou o chartreux e o british blue no mesmo standard, e finalmente depois da contestação de pessoas com paixão pela raça chartreux, que provaram as diferenças estruturais e morfológicas entre as duas raças
jean simonnet (presidente do club du chat des chartreux), apurou a raça e publicou em 1972 um livro intitulado " étude sur le chat des chartreux", sendo que em 1977 o standard do gato chartreux foi renovado pela fife
temperamento
o chartreux é um gato dócil, afectuoso, amável, brincalhão, com uma forte personalidade e muito independente com o seu olhar doce e pêlo lanudo, cativa qualquer um logo no primeiro instante
apresenta algumas qualidades típicas de um cão, seguindo o seu dono para onde quer que ele vá e acompanhando-o nos momentos mais alegres e nos mais tristes, também demonstra, assim a sua enorme devoção e carinho, podendo ressentir-se bastante numa ausência prolongada do dono
é um amigo fiel e um óptimo guardião apesar da sua aparência calma é dotado de uma extrema inteligência e não dispensa uma bela caçada
é muito silencioso e sensível, pois não gosta de demonstrar os seus sentimentos e raras vezes se ouve miar é o gato menos falador de todas as raças, mas em contrapartida, contempla-nos com os seus eternos e constantes ronrons é por isso conhecido como o gato ronronante demonstra grande afectividade pelo seu dono, manifestando a sua felicidade e alegria
mas, cuidado é um gato que prefere sofrer em silêncio e por isso o seu dono deve estar sempre atento e, mesmo no veterinário não deixa de ronronar
gostam de viver num ambiente calmo, são bastante tolerantes e sociáveis mas, não gostam de ruídos estranhos e barulhos altos, por isso, é de evitar discussões junto deste gato, pois pode ficar assustado normalmente, nestas situações opta por retirar-se do local, pois prefere fazê-lo a tornar-se agressivo
características
cabeça e pescoço
grande e arredondada mas não esférica maxilar forte; bochechas cheias, os machos adultos têm bochechas maiores testa alta, macia mas não abaulada nariz e linha recta com tamanho e largura médios, com um ligeiro stop ao nível dos olhos focinho pequeno comparativamente à cabeça, estreito e afilado com ligeiras almofadas expressão doce e sorridente pescoço curto e grosso
orelhas
médias na altura e na largura; bem implantadas no alto da cabeça com uma postura bastante erecta
olhos
expressivos, arredondados e abertos a cor vai do cobre ao ouro, sendo que se dá preferência ao laranja claro, profundo e brilhante
corpo e cauda
robusto, com ombros largos e peito profundo estrutura óssea forte; massa muscular sólida e densa os machos são grandes e as fêmeas médias a cauda tem um comprimento moderado e é grossa na base, afilando-se ligeiramente em direcção à ponta oval viva e flexível
pernas e pés
pernas são relativamente curtas com ossatura fina; direitas e fortes os pés são arredondados e de tamanho médio
manto
pêlo médio-curto, ligeiramente lanudo na textura e com uma cor uniforme desde a raiz sub-pêlo curto; o pêlo é maior e protector[1]
penalizações
stop acentuado no nariz, nariz arrebitado ou voltado, focinho largo, defeitos palpáveis na cauda e olhos demasiado próximos que dêem ao gato um olhar de zangado
desqualificação
pêlos brancos, nó visível na cauda, olhos verdes e qualquer sinal de fragilidade nas ancas
cor
todos os tons de azul são permitidos, desde o azul-acinzentado claro ao azul-acinzentado escuro; pontas ligeiramente pintadas de prata ênfase na claridade e na uniformidade da cor o tom preferido é um azul imaculado com um reflexo geral a pele do nariz é azul acinzentado escuro; lábios azuis; as almofadinhas dos pés são rosadas
as listas fantasmas são permitidas nos gatinhos bebés assim como as riscas na cauda dos jovens com menos de dois anos
cruzamentos
outras raças cujo cruzamento é permitido com o chartreux: nenhuma
cuidados
o chartreux é um gato de pêlo curto e grosso, que requer pouca manutenção, mas é necessária alguma atenção para que a sua apresentação seja exemplar, pelo que: deve escovar-se pelo menos uma vez por semana, o que para além retirar os pêlos mortos, contribui ainda para uma uniformização da cor do manto do seu gato e evita a formação de bolas de pêlo no estômago
as suas orelhas requerem especial atenção, pois têm uma segregação auricular maior do que a maioria dos gatos é aconselhável que as orelhas sejam limpas uma vez por semana, primeiro com um lenço de papel e depois com um cotonete
a alimentação varia de acordo com as fases de vida de um gato quando este é jovem, necessita de um suplemento proteico encontrado em rações de boa qualidade para gatinhos o gato chartreux tem um desenvolvimento diferente dos outros gatos e apenas atinge a maturidade perto dos quatro anos de idade, pelo que este tipo de alimentação deve ser administrada até mais tarde se o gato for castrado, tiver pouco actividade ou uma idade já avançada, deve-se dar um alimento menos rico, de forma a não ficar obeso têm tendência para gengivites, daí a necessidade de ingerirem alimentos secos
em alguns chartreux os dentes incisivos de leite não caem, pelo que logo que nascem os definitivos é preciso arrancá-los
instintivamente procura o tabuleiro para as suas necessidades, preferencialmente, utilize uma areia aglomerante, que facilita a limpeza e torna possível ter uma casa de banho asseada e sempre fresca
é um gato robusto e saudável mas precisa de ir ao veterinário para fazer os seus check-ups regulares e limpeza (destartarização) periódica dos dentes

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Deixe seu comentários :






Profissionais Colunistas


bullet  Rafael Senos Médico Veterinário UFF Mestrando USP Técnico em Biotecnologia CEFETEQ RJ

bullet  https://petanjo.com/blog/como fazer seu cachorro parar de destruir tudo/

bullet  Aquarium Lab http://aquariumlab.com.br

bullet  https://upacfortaleza.wordpress.com/artigos/como resgatar um cao da rua/

bullet  https://upacfortaleza.wordpress.com/artigos/

Confira todos os Colunistas

Sugestão de nomes para filhotes:



bullet  Jumbo bullet  Sweetbullet  Gretabullet  Sanbullet  Oxigênio
Confira todas as sugestões de nomes



Perguntas mais frequentes


bullet  Vocês vendem animais ?

bullet  Quantos leitores acessam ConteudoAnimal.com.br ?

bullet  Como anunciar no ConteudoAnimal.com.br ?

bullet  Eu sou vet ou profissional do ramo e quero incluir dicas veterinárias

bullet  Eu não encontrei material sobre meu pet ?

Ver todas perguntas mais frequentes

Dicas Veterinárias:


bullet  Free style

bullet  Florais: animais também podem usar

bullet  Alimentos tóxicos para aves

bullet  Diarréia em pequenos animais

bullet  Pneumonia (fúngicas) em cães

Ver todas as Dicas Veterinárias

Letras de Música:


bullet  Burro Xucro

bullet  Passaro sem asas

bullet  Romaria

bullet  Boi da cara preta

bullet  Simples carinho

Ver todas as Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bullet  Peixonauta

bullet  Netto e o domador de cavalos

bullet  Benji - o filme

bullet  O cachorro que salvou o natal (the dog who saved christmas)

bullet  Jurassic park iii

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  Cama de gato

bullet  Amazonas aguas, passaros, seres e milagres

bullet  Os passaros e suas doencas

bullet  O gato e a revolução

bullet  Explicação dos pássaros

Ver todos os Livros

Declaração Universal dos Direitos dos Animais



Curiosidades do dia a dia :

bullet  Peixinho --> Movimento de salto para tocar, ou segurar a a bola abaixo da cintura (futebol, voley)

bullet  Antena --> Instrumento que auxilia a sintonização de rádio, tv sistemas de GPS, sistema celular

bullet  Matar Cachorro a Grito --> Encontrar-se numa situação desesperada

bullet  Gatuno --> Ladrão

bullet  Tartarugas --> Usadas para delimitar faixas de rodagem em ruas e rodovias

Confira todas as curiosidade do cotidiano



Encurtador de URL:

URL:

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos