Digite aqui a palavra-chave.






Redes Sociais


Instagram

Home Page > Raças & Espécies > Coelhos




Coelhos

Temos artigos técnicos escrito por veterinários e criadores

Introdução:

Os coelhos são roedores de porte médio - grande e herbívoros.

Alimentação

Como para todos os seres vivos, é necessário ter uma alimentação reforçada. O básico, mas básico mesmo é a ração peletizada. Essa deve se deixar o tempo inteiro à disposição dos coelhos e quando eles tiverem fome eles irão até o comedouro e se alimentarão.

Você nunca deve dar apenas ração aos coelhos. Forneça alimentos como verduras e legumes. Esses alimentos são os preferidos dos coelhos. Varie bem o cardápio desses alimentos: Verduras: Almeirão, couve, rúcula, acelga, enfim, de todo os tipos possível. Legumes: O mais famoso que os coelhos comem é a cenoura. Dê outros também, como chuchu, pepino, batata, enfim, varie o mais que for possível.

Tanto as verduras quanto os legumes devem ser variados, não importa o tipo. Aí você tem que observar quais os alimentos eles mais comem. Os que forem mais consumidos ou devoradas mais rapidamente são os que eles mais gostam (predileto mesmo). Então dê mais as que gostarem e evite às que eles não comem ou apenas dão uma mordidinha e deixam lá.

Reprodução

Os coelhos se reproduzem facilmente e rapidamente também. Primeiro, escolha o local onde o casal ficará até o fim da gestação. Depois escolha o casal que você deseja reproduzir.

A ESCOLHA DO LOCAL: Aí vai depender de suas condições. Para os coelhos, não importa onde ficar, então você terá que pensar por eles. Escolha um local limpo (e você terá que manter), ventilado e iluminado. Para maior conforto, você pode colocar alguma casinha de cachorro pequena ou fazer alguma caixa de madeira com uma porta. Com certeza eles dormirão ali dentro e a fêmea dará a luz ali também.

Para que o sucesso seja alcançado, é preciso tem uma infra-estrutura boa, alimentação variada (principalmente quando a fêmea estiver na gestação), água limpa e fresca sempre, higiene, abrigo e etc.

Voltando ao assunto sobre o local, você pode optar por gaiolas de coelhos mesmo (pois essas são bem maiores do que as convencionais), algum pedaço de terra (mas tome cuidado se o chão não for cimentado pois eles fazem buracos enormes) que você pode cercar com alguma tela ou parede. Mas vale lembrar que é necessário ter aquela infra-estrutura citada acima (higiene, alimentação, ventilação, iluminação e abrigo.

O (S) CASAL (S): Na escolha do casal, vai muito do gosto ou da necessidade do criador pois existem coelhos de cores diversificadas (branco, cinza, preto). Nunca cruze a fêmea se ela ainda for muito nova, prefira elas mais maduras (no mínimo meses). Já o macho, desde pequenos eles já são ''ativos'' e por isso é bom tomar cuidado para não deixar os filhotes muito tempo perto da mãe ou das irmãs, será gravidez certa.

Após escolhido o macho e a fêmea, eles vão para o local em que viverão até se acasalarem.

Não existe um tempo certo em que a fêmea engravidará. É só quando os dois tiverem a relação sexual e isso só acontecerá quando a fêmea entrar no cio. No máximo em 1 mês a fêmea já entrou no cio e já estará na gestação.

A Fêmea consegue se virar sozinha quando os filhotes nascerem, e por isso, se você quiser separar o macho após ela estar prenha, já pode. Mas eu não indico por que a fêmea ficará muito solitária em quanto os filhotes não nascerem.

O NASCIMENTO E OS FILHOTES: O nascimento ocorre sempre quando não há ninguém por perto (como é comum e todos os animais). Como já disse, a fêmea cuidará certinho dos filhotes ( limpa, alimenta, protege etc).

O Macho também ajuda no nascimento dos filhotes pois ele ajuda a limpar e a protege - los.

Após o parto, a fêmea ficará descansando um tempão com os filhotes bem pertinho e protegidos.

Os filhotes nascem bem pequenos e em pouco tempo eles abrirão os olhos e começarão a se aliementar sozinhos (eles imitarão a mãe e comerão o que ela comer), mas ainda dependem da mãe até completrem 20 dias.

Muito cuidado com os filhotes machos, pois depois de 20 dias eles já estarão maduros sexualmente e podem ocorrer acidentes como a gravidez das fêmeas. Para evitar isso, separe os filhotes quando eles estiverem de 15 a 20 dias.

Instalações

Existem instalações dos mais variados tipos e tamanhos. Existem as gaiolas e os cativeiros maiores.

GAIOLA - As gaiolas, o normal é serem encontradas em lojas de animais ou pode mandar fazer em serralheiros. Nas lojas, a gaiola vem com um espaço muito limitado e já no serralheiro você pode mandar fazer de qualquer tamanho (quanto maior, melhor para os coelhos).

CATIVEIROS - Para você manter os coelhos em cativeiros maiores, você terá um maior trabalho na montagem mas fica bem melhor pode ser feito com o chão concretado (cimentado) ou em algum lugar em que possua um chão bem firme, pois se o chão for macio, os coelhos abrirão buracos enormes.

Para determinar a área, pode se colocar uma cerca feita com tela ou alambrado, e você pode fazer paredes pequenos. É necessário ter um local bem grande descoberto e um protegido (fechado) para eles dormirem ou se abrigarem. Depois disso é só colocar os comedouros e bebedouros, e os coelhos.

fonte: Vida Animal

 

 



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:




Leia também :

Raças & Espécies



Whippet

Whippet

cornishrex

cornishrex

Salamandra Comum

Salamandra Comum

Puro Sangue Ingles PSI

Puro Sangue Ingles PSI

Bachiabresslaui

Bachiabresslaui

tatu bola

tatu bola

Cordonbleu

Cordonbleu

Molinesia Prata

Molinesia Prata

Tartaruga-das-galapagos-de-pinta

Tartaruga-das-galapagos-de-pinta

Anão Russo

Anão Russo





Profissionais Colunistas


  dr josé aldo p em santos
médico veterinário
crmv: 5526 aldovet@bol.com.br
dr ricardo fernando correia
médico veterinário
crmv: 13039
rfcvet@mpc.com.br

  Paola Christina Ferreira Carneiro Médica Veterinária CRMVSP 8145 Dermatologia e Terapeuta Floral MASTERVET Clínica Veterinária Av. Ângelo Simões,1135, Jd. Leonor , Campinas , SP Fone: (19) 32345363 ou 33843323

  Rafael Claro Marques (CRMVSP 18.849) é médico veterinário e pósgraduado em Clínica Médica de Pequenos Animais dr.rafael@clinicapontegrande.com.br

  Sergio Lobato é Médico Veterinário, consultor e palestrante em Gestão da Inovação e Marketing em Medicina Veterinária. CRMV 4476. www.sergiolobatopetmarketing.blogspot.com

  Mariana LageMarques Médica Veterinária graduada pela Universidade Paulista em 2002. Mestre em Cirurgia pela FMVZUSP em 2008. Sócia Fundadora ABOV (Associação Brasileira de Odontologia Veterinária), 2002. Faço atendimento odontológico móvel.

Confira todos os Colunistas

Sugestão de nomes para filhotes:



  Candy   Yanco  Baster  Caleia  Pluto
Confira todas as sugestões de nomes



Perguntas mais frequentes


  Como incluir notícias de seus clientes ?

  Conteudo Animal são gratuítos aos leitores ?

  Como ajudar o ConteudoAnimal.com.br ?

  Como anunciar no ConteudoAnimal.com.br ?

  Vocês vendem animais ?

Ver todas perguntas mais frequentes

Dicas Veterinárias:


  O corte de caudas

  Por que fazer a tartarectomia?

  Lesão muscular em cães

  Aborto espontâneo em cães

  Cochotomia e caudectomia: fazer ou não fazer?

Ver todas as Dicas Veterinárias

Curiosidades do dia a dia :



  lagarto --> tipo de carne bovina

  gateza --> Agilidade

  Cachorrada --> Ação Má, Canalhice,

  Peixinho --> Movimento de salto para tocar, ou segurar a a bola abaixo da cintura (futebol, voley)

  Matar Cachorro a Grito --> Encontrar-se numa situação desesperada

Confira todas as curiosidade do cotidiano

Letras de Música:


  Auto do boi

  A vaca já foi pro brejo tião carreiro e pardinho

  Cavalos De Muda

  Anfíbios belos

   Burro Picaço

Ver todas as Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


  O gato do rabino (le chat du rabbin)

  Qualquer gato vira-lata

  Rin tin tin - o filme

  O gato mais rico do mundo (the richest cat in the world)

  Manda-chuva – o filme (don gato y su pandilla)

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

  Vida de cão

  Cachorro tem cada uma

  Livro definitivo de dicas e sugestoes de jardinagem

  Os segredos dos gatos – tudo para entender e ensinar o seu companheiro

  Vira-lata? não! também sou cachorro

Ver todos os Livros

Declaração Universal dos Direitos dos Animais





Deixe seu comentários :


Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos