Digite aqui a palavra-chave.




pinterest



Home Page > Esportes > Enduro Equestre

Enduro Equestre
O que é Enduro Eqüestre

A palavra enduro é uma abreviação de endurance, que em inglês é sinônimo de resistência. O enduro eqüestre de competição é uma modalidade esportiva originária do turismo eqüestre, onde cavalo e cavaleiro devem percorrer uma trilha com obstáculos naturais, demarcada em um tempo pré-determinado, ou em velocidade livre. Vence a prova o cavalo que chegar ao final no menor tempo, ou no tempo mais próximo do ideal, dependendo do tipo de regulamento utilizado. É praticado em quase todos os países da Europa, na Oceania, América do Sul, nos Estados Unidos, África e Oriente Médio. O enduro eqüestre civil, praticado atualmente, foi criado por Wendell Robie, nos Estados Unidos, em l955, através da Tevis Cup, a mais famosa prova do mundo.

A intenção era simular as viagens do Pony Express (correio a cavalo americano), com o objetivo de cumprir 100 milhas (160 km) em 24 horas, em um único cavalo.Existem também competições de até 300 km, realizadas em vários dias.

Esta modalidade assemelha-se ao Raid de cavalaria, tática de guerra universalmente empregada pelas cavalarias hipomóveis. Trata-se de uma incursão rápida e surpreendente ao território inimigo, com um grande contingente de tropa, que retorna imediatamente após o ataque. Atualmente raid e enduro são considerados sinônimos. Existem raids de até 750 km, que são disputados durante 15 dias.

Na década de 60, o Enduro Eqüestre começou a ser praticado na Austrália, tornando-se um esporte muito popular. Atualmente este país também é um importante centro de pesquisas na área da fisiologia desportiva eqüina. Inúmeros trabalhos de acompanhamento de competições de enduro são publicados periodicamente.

Em 1975, na França, foi idealizada a competição de FLORAC - A Tevis Cup Francesa - que é considerado o mais belo e difícil desafio a cavalo em um evento de um dia.

No Brasil a primeira prova de enduro eqüestre aconteceu em Tremembé, interior de São Paulo, em 8 de outubro de 1989, ocasião em que 25 conjuntos largaram para cumprir um percurso de 60 km com velocidade controlada de 12 km/h. Em 1994, uma competição em Campinas/SP, reuniu 522 conjuntos em um evento registrado no livro Guiness de recordes, como a maior competição eqüestre de uma mesma modalidade.

Atualmente, o enduro eqüestre é regulamentado por rigorosas normas da FEI - Federação Eqüestre Internacional, com a premissa de preservar a integridade física do animal, que é controlada sistematicamente em postos veterinários denominados vet cheks, instalados ao longo do percurso. Nas competições internacionais oficiais, o percurso é de 160 km, dividido em seis etapas que devem ser cumpridas em velocidade livre.

Nos vet cheks vários parâmetros são avaliados, tais como: índice de recuperação cardíaca, grau de desidratação, claudicações, entre vários outros. Após o final de cada etapa, o competidor só recebe a autorização de re-largada se todos os parâmetros estiverem dentro da faixa de normalidade fixada pelo regulamento. Mesmo após o término da competição, que é realizada em velocidade livre, o exame veterinário é realizado para a confirmação do resultado. O tempo limite para este exame é de 30 minutos após a chegada, e a freqüência cardíaca não pode superar o limite de 64 bpm.

O I World Eqüestrian Games, que reuniu seis disciplinas diferentes - Adestramento, CCE, Volteio, Salto, Atrelagem e Enduro - oficializadas pela FEI, foi realizado em 1990, em Estocolmo, Suécia. Sagrou-se campeã a equipe inglesa e a competição individual foi vencida por uma amazona americana (Becky Hart) montando um cavalo de 15 anos, que cumpriu o percurso (160 km) em 10h33 e média horária superior a 15 km/h. Este campeonato é realizado de quatro em quatro anos.

O enduro é um esporte eqüestre fácil de ser praticado, pois não exige em suas categorias inferiores qualificação técnica do cavalo nem do cavaleiro, podendo participar cavalos de todas as raças, puros ou mestiços, desde que tenham no mínimo quatro anos de idade. Não há limite de idade para o cavaleiro, o que torna o enduro um esporte familiar.

O Brasil já participa de competições internacionais desde 1994, quando foi representado por quatro conjuntos (cavalo/cavaleiro) na Holanda, por ocasião dos II WEGs. A cada dois anos também é realizado o Campeonato Mundial de Enduro Eqüestre, da FEI.

A mais importante associação de enduristas do mundo é a ELDRIC - European Long Distance Rides Conference - que congrega associações nacionais de países de todo o mundo e organiza de quatro em quatro anos o seu campeonato mundial, bem como o campeonato europeu da modalidade. Atualmente, a ELDRIC pleiteia junto ao COI - Comitê Olímpico Internacional -, a inclusão do enduro nas Olimpíadas.

No Brasil, o regulamento de regularidade é semelhante ao regulamento francês, que prevê qualificações sucessivas em provas com trilha sinalizada e com velocidade controlada. As distâncias elevam-se gradualmente em função das qualificações, começando com provas de 30 km, até atingir distâncias maiores que são corridas à velocidade livre. A CBH promove anualmente o Campeonato Brasileiro da modalidade.

O Brasil tem uma natural vocação para o enduro eqüestre, pois a enorme extensão territorial brasileira foi consolidada sobre dorso de cavalos. O País possui uma tradição eqüestre, um excelente criatório e abundância de trilhas naturais (na Europa praticamente todas as trilhas para competição e treinamento possuem trechos de asfalto), que nos proporciona condições ideais para a prática deste esporte, reservando-nos um futuro promissor, segundo os próprios dirigentes internacionais que nos visitam periodicamente.

O enduro eqüestre firma-se como esporte hípico mais praticado no mundo atualmente e como modalidade hípica desportiva que mais conquista adeptos no Brasil.



fonte:

 

 




Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Letras de Música com temas Animais:

bullet  Foi daquele jeito

bullet  De quem esse jegue

bullet  A dana dos ossos

bullet  Menino passaro

bullet  Tenente bezerra

Ver todas as Músicas

Dicas Veterinárias:

bullet  5 tend?ncias do mercado pet que você precisa conferir

bullet  O modelo animal

bullet  Como salvar um cachorro engasgado

bullet  Controle integrado de moscas e ratos em centros equestres

bullet  A longo prazo inflamação do estômago em cães

Ver todas as Dicas Veterinárias

Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet  https://www.mochileiros.com/ataque de abelhas como se proteger e o que fazer t39822.html

bullet  Juliane Seixas Juliane Seixas Website.: www.facebook.com/veterinariadrajulianeseixas Graduada pela Pontifcia Universidade Catlica do Paran, PUC/PR. Atua como plantonista na rea clnica e cirurgica de animais de companhia CRMV: 11430 / PR Cont

bullet  GAAR CAMPINAS http://www.gaarcampinas.org.br

bullet  dr jos aldo p em santos
mdico veterinrio
crmv: 5526 aldovet@bol.com.br
dr ricardo fernando correia
mdico veterinrio
crmv: 13039
rfcvet@mpc.com.br

bullet  REINALDO CORTIVATO , GINETE DA RAA LUSITANA H 22 ANOS. MEU CEL:019 98909122 enbsp;HARAS MINERAL ITAPIRA.

Confira todos os Colunistas



Cinema, Filmes e Seriados:

bullet  Batman (1966)

bullet  Pssaros excntricos (pretty bird)

bullet  O gato (dr seuss the cat in the hat)

bullet  As crnicas de nrnia - o leo, a feiticeira e o guarda-roupa

bullet  Confuso pra cachorro (dog gone)

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  Vida de co

bullet  Cachorro tem cada uma

bullet  Um gato entre os pombos

bullet  Passaros sao eternos, os

bullet  97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos