Digite aqui a palavra-chave.







Home Page > Esportes > Banho Equestre

Banho Equestre
Hora do Banho

O banho ideal dura em média de 15 a 20 minutos. O shampoo pode ser aplicado somente uma vez por semana.

Antes de começar o banho, verifique a transpiração e a respiração do animal. Estes dois fatores devem estar normais, caso contrário, o contato da água fria com o corpo do cavalo, pode causar um choque térmico.

Comece sempre de baixo para cima. Molhe bem as patas, passe para as pernas, e depois, bem devagar, molhe a barriga em toda sua extensão. Agora é a vez das partes sexuais. Suba o esguicho para a garupa e siga vagarosamente em direção à cernelha.

Depois de molhar o pescoço, passe para a cabeça. É indispensável limpar o focinho, o chanfro e a ganacha muito suavemente. Se o cavalo não permitir que você use a escova, tente uma esponja ou use simplesmente as mãos.

Para lavar a cabeça do animal, diminua a pressão da água. Deixe a água escorrer entre as orelhas. Se o animal estiver assustado, deixe ele olhar a ducha por algum tempo.

As orelhas não podem ser lavadas internamente, por isso tome cuidado com o esguicho. Use um chumaço de algodão e um pouquinho de óleo para remover a cera.

Não jogue água nas narinas. Use uma esponja macia ou simplesmente a mão.

Não esqueça da crina e da cauda. Após lavar a cabeça do animal, vire a crina toda para um lado e use a escova para desembaraçar. Coloque a cauda de molho no balde com água e shampoo, depois, use as mãos para lavar. Se necessário, use a escova para desembaraçar.

Para terminar o banho, pegue o escorredor e passe pelo corpo inteiro do animal, de cima para baixo, acompanhando o sentido da musculatura.

Conforme ele for secando, você pode pentear a crina e a cauda várias vezes, até que ambas fiquem bem soltas e desembaraçadas.

No banho com shampoo, use um balde com três partes de água para uma de shampoo.

Mergulhe a luva (ou esponja) na mistura e vá passando sobre todo o corpo do animal, sempre em movimentos circulares.

Tranças

A trança é o principal meio de manter a crina e a cauda do cavalo bem conservadas e protegidas do meio externo.

Tenha em mãos uma toalha, elásticos especiais para trançar a crina, uma escova e um pulverizador com água.

Separe um chumaço de pêlos e utilize a toalha para separa-lo do restante da crina. Tenha em mente que deverão ser feitas em torno de 20 tranças, portanto, o chumaço deve ser proporcional a esta medida.

Umedeça o chumaço com o pulverizador para evitar que a trança fique “esfiapada”. Faça uma trança.

Terminada a traça, dobre-a ao meio juntando a ponta com a raiz, e dobre-a novamente.

Prenda-a com o elástico até que a traça esteja bem firme.

Repita o processo aproximadamente 20 vezes.

fonte:

 

 




Confira Sugestões de nomes para seu novo filhote

Nomes para filhotes de animais de estimação


Divulge essa Página com seus amigos nas redes sociais abaixo:







Outras raças e espécies:

Raças & Espécies



Boerboel

Boerboel

Levkoy Urcraniano

Levkoy Urcraniano

Dendrobate

Dendrobate

Maremmana

Maremmana

Lagartixa-olho-de-sapo

Lagartixa-olho-de-sapo

Chilean Rose Hair

Chilean Rose Hair

Yemen Linnet

Yemen Linnet

Boraras maculatus

Boraras maculatus

Tartaruga-das-galapagos-de-pinta

Tartaruga-das-galapagos-de-pinta

chines

chines

Outros Conteudos Animais



Dicas Veterinárias:


Nunca lave seu aquário


Dermatite pele ácaro em cães


Paralisia em cães


A infecção por estafilococos em cães


Orquiectomia


Ver todas as Dicas Veterinárias


Letras de Música com temas Animais:


A tartaruga abortou hangover


Preciso me encontrar


Romaria


Borbulhas de amor


Paisagem da Janela


Ver todas as Músicas


Cinema, Filmes e Seriados:


Seefood um peixe fora d agua (seefood)


Quanto pesa o cavalo de tróia? (ile wazy kon trojanski?)


Moby dick


Os pássaros 2 - o ataque final (the birds ii: land s end)


Bud 2 - o atleta de ouro - air bud: golden receiver


Ver todos os filmes e seriados


Livros

Explicação dos pássaros


Pássaros amarelos


Eu não sou cachorro, não


97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir


Um gato aprende a morrer



Ver todos os Livros


Colunistas


Autores


Américo F. Pelicioni, CRF: 29.670


Israel M. BleichDiretor Técnico do Laboratório CEPAV Tecnologia em Saúde AnimalR. Tanabí, 185 São Paulo SP BRASILCEP05002010 Fone/Fax (011) 38729553email: info@cepav.com.br


internet


Keila Regina de Godoy



Confira todos os Colunistas




Mascotes


Timbu ,futebol,Náutico


Raposa ,futebol,Cruzeiro Esporte Clube


Schuss,Olimpiada,Grenoble 1968


Camarão,futebol,Cabo Frio


Coqui (sapo) ,PanAmericano,1979



Confira todos os Mascotes




Declaração Universal dos Direitos dos Animais


Declaração Universal dos Direitos dos Animais



Deixe seu comentários :




Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos