Digite aqui a palavra-chave.




pinterest



Home Page > Esportes > Banho Equestre

Banho Equestre
Hora do Banho

O banho ideal dura em média de 15 a 20 minutos. O shampoo pode ser aplicado somente uma vez por semana.

Antes de começar o banho, verifique a transpiração e a respiração do animal. Estes dois fatores devem estar normais, caso contrário, o contato da água fria com o corpo do cavalo, pode causar um choque térmico.

Comece sempre de baixo para cima. Molhe bem as patas, passe para as pernas, e depois, bem devagar, molhe a barriga em toda sua extensão. Agora é a vez das partes sexuais. Suba o esguicho para a garupa e siga vagarosamente em direção à cernelha.

Depois de molhar o pescoço, passe para a cabeça. É indispensável limpar o focinho, o chanfro e a ganacha muito suavemente. Se o cavalo não permitir que você use a escova, tente uma esponja ou use simplesmente as mãos.

Para lavar a cabeça do animal, diminua a pressão da água. Deixe a água escorrer entre as orelhas. Se o animal estiver assustado, deixe ele olhar a ducha por algum tempo.

As orelhas não podem ser lavadas internamente, por isso tome cuidado com o esguicho. Use um chumaço de algodão e um pouquinho de óleo para remover a cera.

Não jogue água nas narinas. Use uma esponja macia ou simplesmente a mão.

Não esqueça da crina e da cauda. Após lavar a cabeça do animal, vire a crina toda para um lado e use a escova para desembaraçar. Coloque a cauda de molho no balde com água e shampoo, depois, use as mãos para lavar. Se necessário, use a escova para desembaraçar.

Para terminar o banho, pegue o escorredor e passe pelo corpo inteiro do animal, de cima para baixo, acompanhando o sentido da musculatura.

Conforme ele for secando, você pode pentear a crina e a cauda várias vezes, até que ambas fiquem bem soltas e desembaraçadas.

No banho com shampoo, use um balde com três partes de água para uma de shampoo.

Mergulhe a luva (ou esponja) na mistura e vá passando sobre todo o corpo do animal, sempre em movimentos circulares.

Tranças

A trança é o principal meio de manter a crina e a cauda do cavalo bem conservadas e protegidas do meio externo.

Tenha em mãos uma toalha, elásticos especiais para trançar a crina, uma escova e um pulverizador com água.

Separe um chumaço de pêlos e utilize a toalha para separa-lo do restante da crina. Tenha em mente que deverão ser feitas em torno de 20 tranças, portanto, o chumaço deve ser proporcional a esta medida.

Umedeça o chumaço com o pulverizador para evitar que a trança fique “esfiapada”. Faça uma trança.

Terminada a traça, dobre-a ao meio juntando a ponta com a raiz, e dobre-a novamente.

Prenda-a com o elástico até que a traça esteja bem firme.

Repita o processo aproximadamente 20 vezes.

fonte:

 

 

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos