Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Raças & Espécies > Cães > Tosa

pinterest



Tosa

 Tosa

País de origem: Japão
Nome no país de origem: Tosa
Utilização: Antigamente, um cão de luta, hoje em dia, cão de
guarda.
Sem prova de trabalho
RESUMO HISTÓRICO: o Japão tem uma longa história de trabalho com cães de
luta, começando no século XIV. Com este passado e história, esta raça foi desenvolvida
como um híbrido de Shikoku-ken e de raças Ocidentais. Recebendo o nome das áreas
geográficas onde foram criados, estes cães são chamados, algumas vezes de “Mastiffs
Japoneses”. Os cães ocidentais que foram utilizados na criação da raça foram: Bulldogs
(1872), Mastiffs (1874), Pointers Alemães (1876) e Dogues Alemães (1924), todas
elas usadas para melhorar a raça em cruzamentos sequenciais. De acordo com alguns
registros, São Bernardos e Bull Terriers também foram envolvidos, mas não é conhecido
em que época eles foram utilizados. As características estabelecidas nos Tosas, de
coragem e instinto de luta, tipicamente encontradas nos Mastiffs podem ser atribuídas
ao envolvimento de tais raças.
APARÊNCIA GERAL: cão de tamanho grande com um porte imponente e construção
robusta. Tem orelhas pendentes, pelagem curta, focinho quadrado e cauda também
pendente e grossa na sua raiz.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: o temperamento é marcado pela
paciência, compostura, audácia e coragem.
CABEÇA
REGIÃO CRANIANA
Crânio: largo.
Stop: preferivelmente abrupto.
REGIÃO FACIAL
Trufa: larga e preta.
Focinho: moderadamente longo. Cana nasal reta.
Maxilares: tanto o superior quanto o inferior são fortes.
Dentes: fortes e com mordedura em tesoura.
4
Olhos: preferivelmente pequenos, de cor marrom escuro e com expressão digna.
Orelhas: relativamente pequenas, bastante finas, implantação alta nos lados do crânio
e pendentes junto às bochechas.
PESCOÇO: musculoso e com barbelas.
TRONCO
Cernelha: alta.
Dorso: nivelado e reto.
Lombo: largo e musculoso.
Garupa: ligeiramente arqueada no topo.
Peito: largo e profundo, costelas moderadamente arqueadas.
Ventre: bem esgalgado.
CAUDA: grossa em sua raiz, afinando em direção à ponta, alcançando os jarretes
quando está baixa.
MEMBROS
ANTERIORES
Ombros: moderadamente inclinados.
Antebraços: retos, moderadamente longos e fortes.
Metacarpos: ligeiramente inclinados e robustos.
POSTERIORES
Músculos bem desenvolvidos. Articulações do joelho e jarrete moderadamente
anguladas e fortes.
PATAS: dedos fechados e apertados. Almofadas grossas e elásticas. Unhas duras e
preferencialmente escuras em sua cor.
5
MOVIMENTAÇÃO: robusta e poderosa.
PELAGEM
Pelo: curto, duro e denso.
COR: vermelho, fulvo, abricó, preto e tigrado. Ligeiras marcas brancas no peito e
nas patas são permitidas.
TAMANHO
Altura mínima na cernelha: machos – 60 cm.
fêmeas – 55 cm.
FALTAS: Qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como
falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem
estar do cão.
• ossos finos.
• focinho pontudo.
• ligeiro prognatismo superior ou inferior.
FALTAS DESQUALIFICANTES
• cão agressivo ou medroso.
• prognatismo superior ou inferior exagerados.
• timidez.
• todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento
deve ser desqualificado.
NOTA:
• os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem descidos
e acomodados na bolsa escrotal.

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos