Digite aqui a palavra-chave.






Redes Sociais


Instagram

Home Page > Raças & Espécies > Cães > Spinone italiano




Spinone italiano

 SPINONEITALIANO

País de origem: Itália
Nome no país de origem: Spinone Italiano
Utilização: Cão de caça
Sujeito à prova de trabalho para Campeonato Internacional.
RESUMO HISTÓRICO: encontramos na bibliografia descrições que mencionam
um cão de pelo duro, de origem italiana e que supostamente seria o ancestral do atual
Spinone. Em seu livro “Le Parfait Chasseur” (O Perfeito Caçador), Sélincourt, em
1683, fala sobre um “griffon” vindo da Itália e de Piedmond. Na Idade Média esse
cão era muitas vezes representado por famosos pintores; a pintura mais famosa é um
afresco de Andrea Mantegna no Palácio Ducal de Mantua, do século XV.
APARÊNCIA GERAL: cão de construção sólida, robusta e vigorosa; forte ossatura;
musculatura bem desenvolvida; pelo duro.
PROPORÇÕES IMPORTANTES: a forma do corpo tende a ser quadrada. O
comprimento do tronco é igual à altura na cernelha, com uma tolerância de 1 a 2 cm
para mais. O comprimento da cabeça é igual a 4/10 da altura na cernelha. Sua largura,
medida nas arcadas zigomáticas, é menor que a metade do seu comprimento.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: naturalmente sociável, dócil e
paciente; o Spinone é uma caçador experiente em qualquer terreno; muito resistente à
fadiga, entra facilmente na vegetação espinhosa ou se lança em água fria. Tem notável
disposição para um trote amplo e veloz; por natureza é um excelente cão retriever.
CABEÇA: a direção das linhas superiores do crânio e do focinho são divergentes.
REGIÃO CRANIANA
Crânio: de forma oval; suas paredes laterais inclinam-se suavemente como um telhado,
com a protuberância occipital bem desenvolvida e a crista parietal muito marcada. A
calota craniana não é muito desenvolvida nem para frente nem em altura; as arcadas
superciliares não são muito proeminentes.
Stop: apenas marcado, enquanto que o sulco médio frontal (sagital) é bem pronunciado.
REGIÃO FACIAL
Trufa: no prolongamento da ponte nasal; volumosa, de aparência esponjosa, com a
borda superior muito grossa e distintamente arredondada; de coloração rosa-carne
nos exemplares brancos; um pouco mais escura nos cães branco e laranja, e marrom
acastanhado nos exemplares castanho-ruãos. Vista de perfil, a trufa projeta-se além
da linha vertical anterior dos lábios. As narinas são grandes e salientes.
5
Focinho: o comprimento é igual ao comprimento do crânio; sua profundidade, medida
na metade de seu comprimento, alcança (equivale) 1/3 do seu comprimento. O perfil
do focinho é reto ou ligeiramente convexo (nariz romano). As faces laterais do focinho
são paralelas, de forma que, visto de frente, o focinho tem aparência quadrada. A
linha inferior do focinho é definida pelos lábios superiores; seu ponto mais baixo é a
comissura labial.
Lábios: os lábios superiores, bastante finos, formam um ângulo aberto abaixo da
trufa; sua parte anterior é arredondada, cobrindo assim o lábio inferior; eles alcançam
a comissura labial, onde formam uma dobra visível.
Maxilares / Dentes: poderosos e normalmente desenvolvidos. Em sua parte média
os ramos da mandíbula são levemente curvados. Arcadas dentárias bem adaptadas:
os incisivos se articulam em tesoura (isto é, os incisivos superiores sobrepõem-se
intimamente aos incisivos inferiores e são inseridos ortogonalmente aos maxilares)
ou em torquês (ponta com ponta).
Bochechas: secas.
Olhos: grandes, bem abertos e inseridos bem separados. São quase redondos; as
pálpebras são bem ajustadas aos olhos, que não são nem salientes nem profundos;
os olhos estão em um plano quase frontal. A íris é de uma cor ocre, mais ou menos
escuro, de acordo com a cor da pelagem.
Orelhas: de formato praticamente triangular; em comprimento não devem ultrapassar
mais do que 5 cm abaixo da linha inferior da garganta; em largura elas vão desde o
ponto de inserção da cabeça com o pescoço (nuca) até a metade do arco zigomático.
A borda anterior é caída rente às faces, não dobrada, mas voltada para dentro; a
extremidade da orelha é ligeiramente arredondada. Quase sempre portada baixa, a
orelha tem pouco poder para levantar-se. A cartilagem é fina. A pele é revestida por
uma densa pelagem, misturada com pelos longos e esparsos que se tornam mais
grossos nas bordas.
PESCOÇO: poderoso e musculoso, claramente inserido na nuca, fundindo-se
harmoniosamente nos ombros. Seu comprimento não deve ser inferior a 2/3 do
comprimento da cabeça; sua circunferência é igual a 1/3 da altura na cernelha. A
borda inferior apresenta uma dupla barbela pouco desenvolvida.
TRONCO: de estrutura tendendo ao quadrado.
6
Linha superior: a linha superior do dorso é formada por dois segmentos: o primeiro,
quase reto, inclina-se desde a cernelha até a 11ª vértebra dorsal, e o outro, ligeiramente
convexo, une-se a uma sólida e bem arqueada região lombar.
Cernelha: não muito elevada.
Lombo: ligeiramente convexo, tem músculos bem desenvolvidos na largura. Mede,
em comprimento, um pouco menos que 1/5 da altura na cernelha e sua largura é
quase igual ao seu comprimento.
Garupa: larga, longa, bem musculosa e inclinada; forma, abaixo da horizontal, um
ângulo de 30° a 35°, o qual é medido pela obliquidade do osso do quadril.
Peito: desce pelo menos até o nível dos cotovelos, é largo, profundo e bem
arredondado até a metade da altura, onde seu diâmetro transversal alcança seu máximo
e diminui perceptivelmente em direção do esterno, mas sem dar ao peito uma forma
de quilha em sua junção com o esterno. As costelas são bem arqueadas e inclinadas,
com espaços largos entre si. As costelas traseiras (falsas costelas) são longas, oblíquas
e bem abertas.
Linha inferior: quase horizontal na região do esterno, então ascende ligeiramente
para o abdome.
CAUDA: grossa, particularmente na raiz; portada horizontalmente ou baixa; sem
franjas. Deve ser amputada, deixando um coto de 15 a 25 cm.
MEMBROS
Anteriores: vistos de frente, são perfeitamente paralelos e perpendiculares ao solo.
Visto de perfil, o antebraço é vertical e o metacarpo é ligeiramente inclinado.
Ombros: escápula poderosa e longa, medindo 1/4 da altura na cernelha e tem uma
inclinação abaixo da horizontal em torno de 50°; em relação ao plano médio do
corpo, as pontas das escápulas não são muito próximas. Perfeitamente livres em
seus movimentos, os ombros tem músculos bem desenvolvidos. A abertura do ângulo
escápulo-umeral é de cerca de 105°.
Braços: oblíquos, com uma inclinação em torno de 60º abaixo da horizontal.
Direcionados quase paralelos ao eixo médio do tronco. São bem musculosos.
7
Cotovelos: paralelos ao plano mediano do corpo. A ponta do cotovelo deve estar
um pouco à frente da linha vertical traçada do ponto posterior da escápula ao solo. A
distância do cotovelo ao solo é igual a 50% da altura na cernelha.
Antebraços: ligeiramente mais longos que 1/3 da altura na cernelha; verticais, vistos
tanto de frente quanto de perfil. Ossatura forte. O tendão posterior é fortemente
saliente, de tal maneira que a depressão entre o tendão e o osso é claramente visível.
Carpos: seguem a linha vertical dos antebraços.
Metacarpos: planos e, vistos de frente, seguem a linha vertical do antebraço; vistos
de perfil, são ligeiramente inclinados. Seu comprimento está em torno de 1/6 da altura
da perna até o cotovelo.
Patas: compactas, redondas; dedos bem juntos e arqueados, revestidos por pelos
curtos e grossos, inclusive nos espaços interdigitais. As almofadas, secas e duras,
são mais ou menos pigmentadas de acordo com a cor da pelagem. Unhas fortes,
curvadas em direção ao solo e bem pigmentadas, mas nunca pretas.
Posteriores: vistos de perfil, os contornos da nádega são ligeiramente convexos;
boa angulação dos segmentos ósseos; os jarretes devem ser perpendiculares ao solo;
vistos por trás, os posteriores são paralelos e perpendiculares ao solo.
Coxas: seu comprimento não deve ser inferior a 1/3 da altura na cernelha. Sua largura
é 3/4 do seu comprimento. Fortemente musculosas. Sua direção é ligeiramente oblíqua,
de cima para baixo e de trás para frente. Sua borda posterior é ligeiramente convexa.
Pernas: seu comprimento excede apenas ligeiramente o da coxa; sua inclinação é de
55° a 60° abaixo da horizontal; músculos secos em sua parte superior; o sulco entre
o tendão de Aquiles e o osso é marcado e claramente visível.
Articulação dos Jarretes: as laterais são muito largas. A distância entre a ponta do
jarrete ao solo é de aproximadamente 1/3 da altura na cernelha. A abertura do ângulo
da articulação tíbio-társica é de cerca de 150°.
Jarretes: fortes e secos, o seu comprimento é igual à distância entre o cotovelo e o
solo. Vistos por qualquer lado, o metatarso é vertical. Na sua face interna, pode
apresentar um ergô simples articulado.
Patas: apresentando as mesmas características das patas anteriores, porém,
ligeiramente mais ovais.
8
MOVIMENTAÇÃO: passadas livres; na caçada, o trote é amplo e veloz, intercalando
com passadas de galope.
PELE: bem ajustada ao corpo, deve ser grossa e seca. Mais fina na cabeça, na
garganta, na virilha, debaixo dos braços e nas partes posteriores do tronco; nos
cotovelos é macia ao toque. A pele forma apenas duas pregas que começam nos
ramos da mandíbula inferior e desaparecem na primeira metade do pescoço (barbela).
Quando a cabeça está portada baixa, nota-se apenas uma das dobra, que desce do
canto externo do olho até bochecha; na sua extremidade posterior esta dobra termina
em um tufo de pelos. A pigmentação da pele varia de acordo com a cor das marcações
da pelagem. A cor das membranas mucosas externas deve corresponder à cor da
pelagem.
PELAGEM
Pelo: de um comprimento de 4 a 6 cm no tronco, mais curto no focinho, na cabeça,
nas orelhas, nas partes anteriores dos membros e nas patas. Nas partes posteriores
dos membros, o pelo é como uma escova áspera, mas nunca com franjas. Pelos
longos e retos guarnecem as sobrancelhas e os lábios, formando densas sobrancelhas,
bigodes e barba. O pelo é reto, duro, denso e bastante assentado, com falta de
subpelo.
COR: branco puro, branco com manchas laranja, branco salpicado com laranja,
branco com manchas marrons (castanho), ruão ou marrom ruão (castanho). A tonalidade
preferida de marrom é a cor da “bata de frade”. As cores não permitidas são: tricolor,
marcas castanhas e preto em quaisquer combinações.
TAMANHO / PESO
Altura na cernelha: machos: de 60 a 70cm.
fêmeas: de 58 a 65cm.
Peso: machos: de 32 a 37kg.
fêmeas: de 28 a 30kg.
FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deverá ser considerado como
falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem
estar do cão.
9
FALTAS ELIMINATÓRIAS
• cães agressivos ou excessivamente tímidos.
• linhas superiores do crânio e focinho convergentes.
• total despigmentação da trufa.
• cana nasal côncava.
• prognatismo superior ou acentuado prognatismo inferior.
• olhos porcelanizados.
• pigmentação preta da pele ou das membranas mucosas.
• pelagem tricolor, marcas castanhas ou pretas em quaisquer combinações.
Todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento
deve ser desqualificado.
NOTA:
• os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem descidos
e acomodados na bolsa escrotal.



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Deixe seu comentários :






Profissionais Colunistas


bullet  https://upacfortaleza.wordpress.com/artigos/por que as pessoas dizem que nao gostam de gatos/

bullet  Rita Ericson http://bichosaudavel.com/anestesia-em- caes-e-gatos/

bullet  Salvador St.Aubyn Mascarenhas Médico Veterinário www.vetcondeixa.pt Pelos Animais

bullet  Luciana Leite Ribeiro dos Santos Médica veterinária CRMVSP 8298 www.spaces.msn.com/members/vetemcasa lulrs@yahoo.com.br

bullet  https://www.petlove.com.br/dicas/cancer em cachorros e gatos o cancer de utero

Confira todos os Colunistas

Sugestão de nomes para filhotes:



bullet  Jano bullet  Edubullet  Roccabullet  Demonbullet  Bubby
Confira todas as sugestões de nomes



Perguntas mais frequentes


bullet  Quais as formar de anunciar no Conteudo Animal?

bullet  Eu não encontrei material sobre meu pet ?

bullet  Como incluir notícias de seus clientes ?

bullet  Quantas pessoas acessam o conteudoanimal.com.br, diariamente, mensalmente, anualmente ?

bullet  Eu sou vet ou profissional do ramo e quero incluir dicas veterinárias

Ver todas perguntas mais frequentes

Dicas Veterinárias:


bullet  Apresentando um novo gato

bullet  Os segredos da catnip

bullet  Úlceras estomacais e intestinais em cães

bullet  Fobia de pessoas

bullet  Gatinho que sobe na pia

Ver todas as Dicas Veterinárias

Letras de Música:


bullet  dia de cão

bullet  Vagalume pato fu

bullet  Peixe vivo

bullet  Tenente bezerra

bullet  Admirável gado novo

Ver todas as Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bullet  O cachorro bombeiro (firehouse dog)

bullet  Água para elefantes

bullet  Procurando nemo

bullet  Peixonauta

bullet  Cães de aluguel

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  A arca de noé

bullet  Sucesso na criação de pássaros canários e periquitos

bullet  Passaros sao eternos, os

bullet  A princesa e o sapo

bullet  O selo da agonia - livro dos cavalos

Ver todos os Livros

Declaração Universal dos Direitos dos Animais



Curiosidades do dia a dia :

bullet  pássaro --> pessoa astuta

bullet  Cavalada --> Asneira

bullet  Bico --> Monge budista que vive de esmolas Fazer Trabalho temporário

bullet  Com a Cachorra --> De Mal humor

bullet  Cão Maior e Cão Menor --> Constelações Austrais

Confira todas as curiosidade do cotidiano



Encurtador de URL:

URL:

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos