Digite aqui a palavra-chave.






Redes Sociais


Instagram

Home Page > Raças & Espécies > Cães > Podengo português




Podengo português

 PODENGOPORTUGUES

País de origem: Portugal
Nome no país de origem: Podengo Português
Utilização: Cão de caça, guarda e companhia.
Sem prova de trabalho
RESUMO HISTÓRICO: cão do tipo primitivo que tem a sua provável origem nos
antigos cães trazidos pelos Fenícios e Romanos para a Península Ibérica na clássica
antiguidade. Posteriormente teve influência com a introdução de cães que
acompanharam os mouros nas invasões no séc.VIII. Adaptou-se ao território e ao
clima português, originando o que é hoje o Podengo Português. Evoluiu
morfologicamente ao longo dos séculos, em razão da funcionalidade, tendo sido
selecionada a variedade pequena, a partir do séc. XV, como um cão caçador de ratos
nas Caravelas dos navegadores portugueses.
APARÊNCIA GERAL: cabeça piramidal quadrangular, com orelhas eretas; cauda
em forma de foice, bem proporcionado, com boa ossatura e bem musculoso;muito
vivo e inteligente; sóbrio e rústico. Ele existe em três tamanhos, com duas variedades
de pelo: liso e duro.
PROPORÇÕES IMPORTANTES
Podengo Grande e Médio: quase um quadrado (sub-mediolíneo) de grande e média
substância, respectivamente. Relação comprimento do corpo/altura da cernelha de
11/10 e profundidade de peito/altura da cernelha de 1/2.
Podengo Pequeno: corpo levemente mais longo que alto (sub-longilíneo), de pequena
estatura. O comprimento do corpo é levemente maior que a altura na cernelha, com
relação comprimento do corpo/altura da cernelha de 1/2.
Em todas as variedades o comprimento do focinho é mais curto que o comprimento
do crânio.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO
Podengo Grande: usado para grandes caçadas.
Podengo Médio: também conhecido como “coelheiro”, sua aptidão natural para
caçar coelhos é bem utilizada, caçando em matilha ou isoladamente.
Podengo Pequeno: usado para procurar coelhos em buracos e rochas.
Todas as variedades são usadas como cães de vigia e de companhia.
CABEÇA: seca, em forma de pirâmide quadrangular, com a base larga e extremidade
bastante afilada. Os eixos longitudinais superiores crânio-faciais são divergentes.
5
REGIÃO CRANIANA
Crânio: plano; visto de perfil, quase reto; arcadas superciliares proeminentes; sulco
frontal pronunciado; o espaço entre as orelhas é horizontal, com protuberância occipital
saliente.
Stop: pouco definido.
REGIÃO FACIAL
Trufa: adelgaçada e truncada obliquamente; é proeminente na extremidade; de cor
mais escura que a da pelagem.
Focinho: pontiagudo; de forma curvada quando visto de frente; visto de perfil é reto;
mais curto do que o crânio e mais largo na base do que na ponta.
Lábios: ajustados; finos, firmes, rasgados horizontalmente e bem pigmentados.
Maxilares / Dentes: com mordedura em tesoura normal; dentes brancos e fortes;
oposição regular entre os maxilares. Dentição completa na variedade Grande.
Olhos: com uma expressão muito vivaz; pouco salientes nas órbitas; sua coloração
vai do mel ao castanho, variando de acordo com a pelagem. São oblíquos e pequenos;
pálpebras com pigmentação mais carregada do que a cor da pelagem.
Orelhas: de inserção oblíqua no nível dos olhos; retas, portadas eretas, com grande
mobilidade; verticais ou inclinadas para frente, quando atentos; pontiagudas, largas
na base, de forma triangular; finas, com uma altura considerável e maior que a da
base.
PESCOÇO: se une harmoniosamente com cabeça e o tronco; reto; comprido;
proporcional, forte e bem musculoso. Ausência de barbela.
TRONCO
Linha superior: reta, nivelada
Cernelha: levemente perceptível em relação ao pescoço e ao dorso.
Dorso: reto e comprido.
Lombo: reto; largo e bem musculoso.
6
Garupa: reta ou ligeiramente inclinada; de comprimento médio; larga e musculosa.
Peito: descido até os cotovelos, de largura moderada; longo, com o esterno inclinado
para trás e para cima; costelas ligeiramente arqueadas e oblíquas; antepeito nem
muito aparente nem muito musculoso, de largura moderada.
Ventre e Flancos: ligeiramente esgalgado; secos.
CAUDA: natural, inserida mais alta do que para baixa; forte, grossa e pontiaguda, de
comprimento médio Em repouso, caindo suavemente entre as nádegas até a altura
dos jarretes; em ação, eleva-se na horizontal, ligeiramente arqueada ou verticalmente
dobrada em foice, mas nunca enrolada; franjada na parte ventral.
MEMBROS
ANTERIORES: bem aprumados, quando vistos de frente ou de perfil; bem
musculosos e secos.
Ombros: compridos; inclinados; fortes e bem musculosos; o ângulo escápulo-umeral
de aproximadamente 110°.
Cotovelos: paralelos ao plano médio do corpo.
Antebraços: verticais; longos e bem musculosos.
Carpos: secos e não proeminentes.
Metacarpos: curtos; fortes; curtos; ligeiramente oblíquos.
Patas: arredondadas; dedos compridos, fortes, unidos e bem arqueados; unhas fortes
e de preferência escuras; almofadas plantares resistentes e duras.
POSTERIORES: bem aprumados, quando vistos por trás e de perfil; bem
musculosos e secos; paralelos ao plano médio do corpo.
Coxas: longas; de largura média; bem musculosas.
Joelhos: com angulação femorotibial de aproximadamente 135°.
Pernas: oblíquas; longas, secas, fortes e bem musculosas.
7
Articulação dos jarretes: de altura mediana, seca e forte; formando um ângulo
aberto de aproximadamente 135°.
Metatarsos: fortes, curtos, oblíquos e sem ergôs.
Patas: arredondadas; dedos compridos, fortes, unidos e bem arqueados; unhas fortes
e de preferência escuras; almofadas plantares resistentes e duras.
MOVIMENTAÇÃO: trote leve, movimentos ágeis e fáceis.
PELE: fina e tensa. Mucosas, de preferência, pigmentadas de preto ou sempre mais
escuras que a pelagem.
PELAGEM
Pelo: duas variedades: curto e macio ou longo e duro - ambas de espessura média;
sem subpelo. O pelo curto é mais denso do que o duro; na variedade de pelo duro, o
pelo do focinho é comprido (barba).
COR: amarelo e fulvo, em todas as tonalidades, do claro ao escuro, com ou sem
manchas brancas, ou branco com manchas dessas cores. No Podengo Pequeno, as
seguintes cores são admitidas, mas não preferenciais: preto, marrom, com ou sem
marcas brancas ou branco com manchas dessas cores.
TAMANHO / PESO
Pequeno: 20 a 30 cm;
Médio: 40 a 54 cm;
Grande: 55 a 70 cm.
Peso:
Pequeno: 4 a 6 kg
Médio: 16 a 20 kg
Grande: 20 a 30 kg
FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como
falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem
estar do cão.
8
FALTAS
• temperamento: sinais de timidez.
• crânio / focinho: eixos longitudinais superiores crânio-faciais paralelos.
• maxilares: mordedura incorreta ou má implantação dos dentes. Mordedura em
torquês; dentição incompleta na variedade Grande.
• trufa: despigmentação parcial.
• pescoço: arqueado.
• corpo: linha superior arqueada;
• garupa: demasiadamente caída;
• ergôs: sua existência é indesejável.
FALTAS GRAVES
• crânio/focinho: eixos longitudinais superiores crânio-faciais convergentes.
• trufa: despigmentação total.
• orelhas: arredondadas.
• ventre: muito esgalgado.
• cauda: enrolada.
FALTAS ELIMINATÓRIAS
• temperamento: agressivo ou timidez excessiva.
• aparência geral: sinais de cruzamento com Galgo ou Perdigueiro ou qualquer
outro cruzamento.
• maxilares: prognatismo superior ou inferior.
• olhos: de cores diferentes.
• orelhas: dobradas ou caídas.
• cor: tigrado, preto e castanho, tricolor e totalmente branco.
NOTAS:
• os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem
desenvolvidos e acomodados na bolsa escrotal.
• todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento
deve ser desqualificado.



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Deixe seu comentários :






Profissionais Colunistas


bullet  https://petanjo.com/blog/como fazer seu cachorro parar de destruir tudo/

bullet  Mariana LageMarques Médica Veterinária graduada pela Universidade Paulista em 2002. Mestre em Cirurgia pela FMVZUSP em 2008. Sócia Fundadora ABOV (Associação Brasileira de Odontologia Veterinária), 2002. Faço atendimento odontológico móvel.

bullet  Chani Blue http://www.epochtimes.com.br/equoterapiaeficazcombateproblemaspsicologicos/

bullet  Israel M. BleichDiretor Técnico do Laboratório CEPAV Tecnologia em Saúde AnimalR. Tanabí, 185 São Paulo SP BRASILCEP05002010 Fone/Fax (011) 38729553email: info@cepav.com.br

bullet  Veridiana Martins Dias
(41) 8891 6887
www.adestramentoamigofiel.com
Amigo Fiel Adestramento

Confira todos os Colunistas

Sugestão de nomes para filhotes:



bullet  Bat bullet  Nancybullet  Elkybullet  Basterbullet  Hess
Confira todas as sugestões de nomes



Perguntas mais frequentes


bullet  Quantas pessoas acessam o conteudoanimal.com.br, diariamente, mensalmente, anualmente ?

bullet  Eu sou vet ou profissional do ramo e quero incluir dicas veterinárias

bullet  As informações no ConteudoAnimal.com.br substituiem consulta veterinária?

bullet  Quais as formar de anunciar no Conteudo Animal?

bullet  Quantos leitores acessam ConteudoAnimal.com.br ?

Ver todas perguntas mais frequentes

Dicas Veterinárias:


bullet  Choque devido a insuficiência cardíaca em cães

bullet  Cinomose

bullet  Como saber se seu animal de estimação tem problemas emocionais

bullet  Escovas para escovação

bullet  Envenenamento por ingestão de veneno de rato em cães

Ver todas as Dicas Veterinárias

Letras de Música:


bullet  Disparada

bullet  Aranha hangover

bullet  Banzo

bullet  Timbre de galo pedro ortaça

bullet  Porco Aranha

Ver todas as Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bullet  A morte anda a cavalo (da uomo a uomo / death rides a horse)

bullet  Moby dick

bullet  Vinte mil léguas submarinas

bullet  Condorman - o homem pássaro (condorman)

bullet  Jurassic park iii

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  Atlas colorido de anatomia veterinária do cão e gato

bullet  Cama de gato

bullet  Mais que um leao por dia

bullet  Passaros sao eternos, os

bullet  O homem que amava os cachorros

Ver todos os Livros

Declaração Universal dos Direitos dos Animais



Curiosidades do dia a dia :

bullet  lagarto --> tipo de carne bovina

bullet  Cão Maior e Cão Menor --> Constelações Austrais

bullet  bicho carpinteiro --> Pessoa que não consegue ficar quieto

bullet  Olhos de Tigre ou de Águia --> Visão apurada

bullet  passarinhar --> vadiar, vagabundear

Confira todas as curiosidade do cotidiano



Encurtador de URL:

URL:

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos