Digite aqui a palavra-chave.






Redes Sociais
pinterest


Instagram

Home Page > Raças & Espécies > Cães > Pastor do cáucaso

pinterest



Pastor do cáucaso

 PASTORDOCaUCASO

País de origem: Rússia
Nome no país de origem: Kavkazskaïa Ovtcharka
Utilização: Pastoreio, guarda e defesa
Sem prova de trabalho
RESUMO HISTÓRICO: o Pastor do Cáucaso é considerado uma raça que teve
a sua origem a partir de antigos cães Caucasianos. A expansão da raça abrange
territórios desde a Faixa do Cáucaso e das regiões de estepes do sul da Rússia. A
evolução da raça não foi apenas um resultado da seleção natural, mas, também,
foi influenciada pelas nações que habitavam a região do Cáucaso.
Historicamente, cães Pastor do Cáucaso foram usados para guardar e proteger
os rebanhos e as habitações de animais de rapina e predadores. A primeira
menção de cães molossóides de grande porte usados pelo exército do Czar Armenio
Tigran II data do primeiro século A.C. Trabalhos de seleção com a raça foram
iniciados na URSS em 1920. Características obrigatórias, como a energia física,
a auto-confiança, a coragem, uma audição agudamente desenvolvida, boa visão
e uma densa e impermeável pelagem foram cultivadas no processo de seleção.
Todas estas características, bem como a sua resistência, permitem que as pessoas
usem os cães Pastores do Cáucaso em todos os tipos de condições climáticas,
incluindo as mais rigorosas.
APARÊNCIA GERAL: os Pastores do Cáucaso são de construção harmoniosa,
cães grandes e fortes, com boa ossatura e poderosa massa muscular; de formato
ligeiramente retangular. O dimorfismo sexual é bem pronunciado. Os machos
são masculinos, com cernelha bem desenvolvida e uma cabeça maior em
comparação com as fêmeas. Eles também são mais maciços, maiores e com o
corpo mais curto que as fêmeas. Em cães com variedade de pelo mais longo os
machos tem uma juba distintamente pronunciada.
PROPORÇÕES IMPORTANTES: o comprimento do corpo excede a altura
na cernelha em 3-8%. O comprimento dos membros anteriores é em média 50-
52% da altura na cernelha. A relação do comprimento do crânio para o do
focinho é de 3:2.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: o comportamento é estável, ativo,
autoconfiante, destemido e independente. O Pastor do Cáucaso mostra-se dedicado
ao seu dono; é um excelente cão de guarda.
4
CABEÇA
REGIÃO CRANIANA: a cabeça é grande, maciça, e com arcos zigomáticos largos;
quando vista de cima, a cabeça parece uma cunha com base larga.
Crânio: maciço e largo; testa quase plana, com um sulco marcado, mas não
profundo. As arcadas superciliares são desenvolvidas, mas não salientes. Osso
occipital imperceptível.
Stop: notável, mas não claramente marcado.
REGIÃO FACIAL
Trufa: preta, grande, com narinas corretamente abertas, não ultrapassando o
contorno do focinho. Uma trufa preta em cor sólida, ou em cores manchadas ou
malhadas é desejável, mas não obrigatória (mas trufa geneticamente azul ou
cor de fígado não é permitida).
Focinho: amplo e profundo, afilando gradualmente em direção à trufa;
mandíbula e queixo fortes; grande profundidade e bem cheio sob os olhos. A
ponte nasal é larga. As linhas superiores do crânio e do focinho seguem
paralelamente.
Lábios: espessos, aderentes, bem pigmentados.
Dentes: devem ser saudáveis, brancos, fortes; incisivos próximos uns dos outros
e alinhados. Mordedura completa (isto é, com 42 dentes) em tesoura (isto é, os
dentes superiores recobrem os dentes inferiores e são inseridos ortogonalmente
aos maxilares) ou em torquês (ou pinça, ponta com ponta). Incisivos ou caninos
desgastados, quebrados ou suprimidos que não afetem o uso da mordedura não
se revestem de maior consequência, nem a ausência de PM1s.
Bochechas: bem desenvolvidas e realçadas por músculos mastigatórios bem
pronunciados (masseteres).
Olhos: tamanho moderado, formato oval, inseridos não tão profundos, colocados
obliquamente e com amplitude entre eles. A cor é de diferentes tons de marrom,
do escuro à avelã. As pálpebras são pretas, secas e aderentes. A expressão é séria,
atenta e inquisitiva.
Orelhas: tamanho moderado, espessas, de formato triangular e naturalmente
pendentes; inserção alta e larga. A face interna das orelhas é rente às bochechas.
As orelhas são tradicionalmente cortadas no país de origem. Orelhas naturais
são de igual valor.
5
PESCOÇO: de comprimento moderado, poderoso, curto; arredondado na secção
transversal. A crista dorsal é pronunciada, especialmente em machos.
TRONCO: muito bem desenvolvido em todas as suas dimensões; largo, bem
musculoso e balanceado.
Cernelha: bem pronunciadas, moderadamente longas. A altura na cernelha é
ligeiramente maior que na garupa.
Dorso: reto, largo e firme.
Lombo: curto, largo, ligeiramente arqueado.
Garupa: moderadamente longa, larga, arredondada, ligeiramente inclinada
para a raiz da cauda.
Peito: longo, largo, bem descido, de costelas bem arqueadas, em geral tão
profundo quanto na parte frontal; de forma oval ampla em corte transversal.
Costelas bem arqueadas; as falsas costelas são longas. O antepeito é marcado.
Linha inferior: ventre moderadamente esgalgado na parte posterior.
CAUDA: inserida alta, em forma de foice ou enrolada. Em repouso, portada
baixa, alcançando os jarretes; quando o cão está alerta a cauda pode ser portada
acima da linha superior.
MEMBROS
ANTERIORES
Aparência geral: bem musculosos. Vistos de frente, são retos, com membros
paralelos e colocados bem separados.
Ombros: fortemente musculosos. Moderadamente longos, largos, inclinados,
formando um ângulo de aproximadamente 100º com o braço. As escápulas são
bem ajustadas ao tórax.
Braços: fortes e musculosos, aderentes.
Cotovelos: colocados estritamente pata trás, em eixos paralelos; não virando
nem para dentro nem para fora.
6
Antebraços: retos, maciços, moderadamente longos, bem musculosos;
arredondados em corte transversal.
Metacarpos: curtos, maciços; quase retos quando vistos de frente ou de lado.
Patas: largas, de formato arredondado; bem arqueadas e compactas.
POSTERIORES
Aparência geral: vistos por trás são retos, colocados paralelos e moderadamente
separados. Os joelhos e jarretes são suficientemente bem angulados, quando
vistos de perfil. Os posteriores não devem ser colocados muito para trás.
Pernas: largas, bem musculosas, moderadamente longas.
Joelhos: suficientemente bem angulados.
Pernas inferiores: largas, bem musculosas, moderadamente longas.
Jarretes: largos e esguios, suficientemente bem angulados; firmes, não virando
nem para dentro nem para fora.
Metatarsos: não longos, maciços; quase retos quando vistos de frente ou de
perfil.
Patas: largas, de formato arredondado; bem arqueadas e bem ajustadas.
MOVIMENTAÇÃO: livre, elástica, despreocupada, com boa propulsão nos
posteriores. Boa estabilidade de todas as articulações e com boa coordenação. O
trote tende a ser o movimento típico. A cernelha está no mesmo nível da garupa,
e a linha superior é relativamente estável durante o movimento.
PELE: espessa, suficientemente elástica, sem qualquer prega ou ruga.
PELAGEM
Pelo: reto, áspero, pelo eriçado (não rente) com subpelo bem desenvolvido. O
comprimento do pelo e do subpelo não deve ser inferior a 5 cm. A pelagem na
cabeça e nos membros anteriores é mais curta e grossa. A cauda é completamente
coberta por uma densa pelagem e com aparência grossa e peluda. A pelagem
externa mais longa forma “pincéis” nas orelhas, uma “juba” ao redor do pescoço
e “calças” na parte posterior das coxas.
7
Cor: qualquer cor sólida, malhada ou manchada. Exceto para o preto sólido;
preto diluído ou em qualquer combinação, cor azul de origem genética ou cor
de fígado (marrom).
TAMANHO
Altura na cernelha: machos: altura desejável de 72-75 cm;
mínimo de 68 cm;
fêmeas: altura desejável de 67-70 cm;
mínimo de 64 cm.
Estaturas maiores são aceitas, desde que em harmonia com a conformação.
PESO
machos: mínimo de 50 kg;
fêmeas: mínimo de 45 kg.
FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como
falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem
estar do cão.
FALTAS GRAVES
• constituição muito leve ou muito grosseira.
• falta de autoconfiança.
• desvios no dimorfismo sexual.
• cabeça pequena em proporção ao corpo; leve; estreita; longa; grosseira;
cabeça em bloco ou de maça.
• stop abrupto.
• focinho: côncavo, convexo ou pontudo.
• dentes muito pequenos; amplamente espaçados; incisivos não inseridos
em uma linha; qualquer desvio da fórmula dentária (exceto na ausência
dos PM1).
• ossos das bochechas insuficientemente marcados.
• olhos grandes, salientes, muito claros, mostrando a 3ª pálpebra; pálpebras
folgadas.
• orelhas grandes, finas ou inseridas muito baixas.
• linha superior carpeada ou selada; lombo longo, flácido ou arqueado;
garupa mais alta que a cernelha.
8
• corpo quadrado; muito atarracado, muito longo, estreito na parte dianteira
e traseira, muito pernalta; peito muito curto, plano ou raso; garupa curta
ou íngreme.
• cauda muito pequena.
• ossos, músculos e ligamentos fracos nas articulações.
• falta de angulações corretas.
• antebraços encurvados.
• movimento desbalanceado.
• falta de propulsão nos posteriores.
• pelagem muito macia, encaracolada; pelagem externa muito curta ou sem
subpelo.
FALTAS DESQUALIFICANTES
• agressividade ou timidez excessiva.
• todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de
comportamento deve ser desqualificado.
• qualquer desvio da mordedura requerida.
• fórmula dentária incompleta, isto é, com ausência de qualquer dente, exceto
os terceiros molares (M3) ou os primeiros pré-molares (PM1s).
• entrópio.
• olhos porcelanizados; azul profundo; verde sombreado ou olhos de cores
diferentes.
• cauda amputada.
• passo de camelo constante ou impossibilidade de entrar no trote.
• cor preta em qualquer variação; sólidos; diluídos; malhados; manchados
ou como uma sela (exceto pela máscara).
• cor azul de origem genética em qualquer variação ou nuança.
• trufa, lábios e pálpebras pigmentados de cinza azulado.
• cor marrom de origem genética em qualquer variação ou nuança.
• trufa, lábios e pálpebras marrons de origem genética.
• marcações castanho em cães pretos, azuis ou marrons.
• altura abaixo da mínima.
• desvios graves no dimorfismo sexual em machos.
NOTA:
• os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem
desenvolvidos e acomodados na bolsa escrotal.

Veja :


Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Deixe seu comentários :






Profissionais Colunistas


bullet   carlos alexandre pessoa
médico veterinário (11) 99112330 www.animalexotico.com.br

bullet  https://upacfortaleza.wordpress.com/artigos/por que alguns caes odeiam ficar sozinhos/

bullet  Magda Izidio de Souza, Médica Veterinária

bullet  Policlnica Veterinria de Cotia Av. Ralf Boli, 25 Granja Carolina, Cotia SP Tel.: 11 46162677

bullet  João Kleinerdr joão alfredo kleiner dvm, msc especialista em oftalmologia e clínica cirúrgica geral acvo ophthalmology course wisconsin, madison – 1998 e-mail: docjak@vetweb.com.br

Confira todos os Colunistas

Sugestão de nomes para filhotes:



bullet  Mitzy bullet  Quandobullet  Axisbullet  Higobullet  Diva
Confira todas as sugestões de nomes



Perguntas mais frequentes


bullet  Como incluir notícias de seus clientes ?

bullet  Conteudo Animal são gratuítos aos leitores ?

bullet  Quem escreve para o ConteudoAnimal.com.br ?

bullet  Quantas pessoas acessam o conteudoanimal.com.br, diariamente, mensalmente, anualmente ?

bullet  Vocês vendem animais ?

Ver todas perguntas mais frequentes

Dicas Veterinárias:


bullet  Osteocondrite dissecante (toc) em cães

bullet  Erupção cutânea devido ao contato com substâncias irritantes – cães

bullet  Como e quando dar uma bronca no animal de estimação

bullet  Importância do pedigree

bullet  Gatos, favelas e o iraque

Ver todas as Dicas Veterinárias

Letras de Música:


bullet  Não atire o pau no gato aline barros

bullet  Borboletas

bullet  Gato fujão cantora sol

bullet  O galo é o dono dos ovos sérgio godinho

bullet  Pássaro Proibido

Ver todas as Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bullet  O favor, o relógio e o peixe muito grande (the favour, the watch and the very big fish)

bullet  Gato negro (black cat (gatto nero))

bullet  Bolt - supercão

bullet  O miado do gato (the cat s meow)

bullet  Batman begins (2005)

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  O gato e a revolução

bullet  4 vidas de um cachorro

bullet  Um gato aprende a morrer

bullet  Falando de passaros e gatos

bullet  O cachorro e o lobo

Ver todos os Livros

Declaração Universal dos Direitos dos Animais



Curiosidades do dia a dia :

bullet  Fazer Bichas --> praticar travessuras

bullet  macaco --> instrumento que auxilia levantamento do carro para reparro homem feio pilar que leva apenas 2 tijolos (velho) pessoa com experiência dispositivo usado para graduar e esticar a tensão de cabos e correntes fixas

bullet  jacaré --> Aparelho, nas farmácias, se abertam rolhas tipo de Colher de Pedreiro peça fixa para desvio de trilhos ferroviários Terminal elétrico para ligações de fios de forma rápida e não permantes tipo de candeeiro de Querosene

bullet  Golfinho --> Estilo de Natação

bullet  Nome de Famosos --> Paulo Coelho,

Confira todas as curiosidade do cotidiano



Encurtador de URL:

URL:

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos