Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Raças & Espécies > Cães > Pastor da anatólia

pinterest



Pastor da anatólia

 PASTORDAANATOLIA

País de origem: Anatólia
Nome no país de origem: Coban Köpegi
Utilização: Cão Pastor utilizado para guardar ovelhas. Raça
originariamente usada como cão de guarda de ovelhas;
trabalhos pesados. Capaz de extrema resist;ncia ao
calor e ao frio.
Sem prova de trabalho
RESUMO HISTÓRICO: o Pastor da Anatólia é um pastor de guarda de antiga
linhagem, provavelmente descendente dos grandes cães de caça existentes na
Mesopotâmia. A raça se desenvolveu durante anos para adaptar-se a um conjunto
específico de circunstâncias. Entre estes, o elemento mais formativo foi o clima –
verões quentes e muito secos, invernos muito frios - o estilo de vida sedentário das
pessoas, semi ou totalmente nômades, e o trabalho atribuído aos cães. Eles guardavam
rebanhos viajando grandes distâncias no “Planalto Central da Anatólia”. Eles ficavam
do lado de fora quaisquer que fossem as condições meteorológicas.
APARÊNCIA GERAL: grande, altivo, alto, poderosamente construído; cão de
guarda pecuário, com cabeça ampla e forte e uma densa pelagem dupla. Deve ter
tamanho e resist;ncia. Capaz de grande velocidade.
PROPORÇÕES IMPORTANTES: focinho ligeiramente mais curto do que o crânio.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: firme e corajoso, sem
agressividade, naturalmente independente, muito inteligente e dócil. Orgulhoso e
confiável. Leal e afeiçoado aos proprietários, mas desconfiado de estranhos quando
em serviço.
CABEÇA
REGIÃO CRANIANA
Crânio: largo, mas em proporção ao corpo. Largo entre as orelhas, ligeiramente
abobadada. Machos adultos tem cabeças mais largas do que as f;meas.
Stop: ligeiro.
REGIÃO FACIAL
Trufa: preta; exceto nos fígados, nos quais é marrom.
Focinho: visto por cima, quase retangular. De perfil é grosseiro, afinando muito
ligeiramente para a ponta.
4
Lábios: muito levemente pendentes, bordas pretas. A borda do lábio superior não
deve ser mais baixa do que o perfil da mandíbula. Cantos da boca (comissuras
labiais) bem fechados.
Maxilares / Dentes: dentes fortes com uma perfeita mordedura em tesoura, isto é,
os dentes (incisivos) superiores sobrepõem-se ajustados aos dentes (incisivos)
inferiores e são inseridos ortogonalmente aos maxilares. Dentição completa.
Olhos: bastante pequenos em proporção ao tamanho do crânio, inseridos bem
separados, não mostrando a terceira pálpebra. A coloração vai do dourado ao marrom,
de acordo com a cor da pelagem. As pálpebras são pretas, exceto em cães de cor
fígado.
Orelhas: de tamanho médio, de formato triangular, arredondadas nas pontas;
pendentes, com as bordas da frente rentes às bochechas; mais altas quando em
alerta.
PESCOÇO: ligeiramente arqueado, poderoso, musculoso, de comprimento
moderado; bastante grosso. Ligeira barbela.
TRONCO: poderoso, bem musculoso, nunca plano nas laterais.
Linha superior: horizontal, ligeiramente arqueado sobre o lombo.
Dorso: bastante curto em proporção ao tamanho das pernas.
Lombo: ligeiramente arqueado.
Peito: profundo até os cotovelos; costelas bem arqueadas, caixa torácica
suficientemente longa.
Linha inferior e ventre: bem esgalgada.
CAUDA: longa, alcançando o jarrete, inserida bastante alta; quando em repouso,
portada baixa com uma ligeira curva; quando em alerta, portada alta e curvada sobre
o dorso, especialmente nos machos.
MEMBROS
ANTERIORES
5
Apar;ncia geral: inseridos bem separados, retos e com boa ossatura; de bom
comprimento.
Ombros: bem musculosos; oblíquos.
Cotovelos: bem próximos às laterais, com movimentação livre.
Metacarpos: fortes, ligeiramente inclinados quando vistos de perfil.
Patas: fortes, com almofadas grossas e dedos bem arqueados. Unhas curtas.
POSTERIORES
Apar;ncia geral: poderosos, mas não sobrecarregados com músculos. Pernas
posteriores verticais quando vistas por trás.
Coxas: longas.
Joelhos: bem angulados.
Patas: fortes, com almofadas grossas e dedos bem arqueados. Unhas curtas.
MOVIMENTAÇÃO: quando em movimento, a cabeça, o pescoço e o tronco formam
uma linha plana muito perceptível; movimentação livre, flexível e de longo alcance,
dando a impressão de perseguição, com grande força. O passo de camelo (pacing)
é aceitável quando em marcha lenta.
PELAGEM
Pelo: curto ou parcialmente longo, denso com subpelo grosso. Grande variação em
comprimento de acordo com o clima. Mais longo e grosso sobre o pescoço, ombros
e coxas. A pelagem tende a ser mais longa no inverno.
COR: todas as cores são aceitas.
TAMANHO / PESO
Altura na cernelha: machos: 74 a 81 cm.
f;meas: 71 a 79 cm.
6
Peso: machos adultos: 50 a 65 kg.
f;meas adultas: 40 a 55 kg.
FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como
falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem
estar do cão.
FALTAS GRAVES
• baixo em relação ao solo (pernas curtas); pesado e lento; muito maciço; muito
leve em sua construção.
• crânio plano.
• movimentação de “hackney”, marcha picada, rigidez.
• pelagem muito longa e caída.
FALTAS ELIMINATÓRIAS
• cães agressivos ou extremamente tímidos.
• todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento
deve ser desqualificado.
• prognatismo superior ou inferior.
• focinho muito curto (1/3 do comprimento da cabeça).
• pelagem: muito curta e lisa; falta de subpelo.
• que não possa ser avalido em uma pista de exposição.
NOTA:
• os machos devem apresentar os dois testículos, de apar;ncia normal, bem descidos
e acomodados na bolsa escrotal.




Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Letras de Música com temas Animais:

bullet  Ritmo quente

bullet  Peixe vivo

bullet  Vida de cachorro os mutantes

bullet  Gato fujo cantora sol

bullet  Jingle bell rock

Ver todas as Músicas

Dicas Veterinárias:

bullet  Animalzinho novo na rea

bullet  Como resgatar um co darua?

bullet  Apoptose

bullet  Adestrador

bullet  Anestesiologia veterinria em pequenos animais

Ver todas as Dicas Veterinárias

Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet  Adriana Morales Mdica Veterinria CRMV: 6467 Membro do Colgio Brasileiro de Oftamologia Veterinria. Avenida 11 de Agosto, 1693. Valinhos/SP Tel.: 19 38492522

bullet  https://animais.umcomo.com.br/artigo/como agir se meu cachorro tiver um ataque epiletico 14835.html

bullet  CEPAV Centro de Patologia Clnica Veterinria Ltda. Rua Tanabi, 185 gua Branca S?o Paulo SP. CEP. 05002 010 Tel.: (11) 3872 9553

bullet  Nlio Carrara F? Hannover Hipismo

bullet  https://dicaspeludas.blogspot.com.br/2013/05/racao cuidados fundamentais no.html

Confira todos os Colunistas



Cinema, Filmes e Seriados:

bullet  Dogo - amigo pra cachorro (doogal)

bullet  O gato preto (the black cat)

bullet  A vingana do homem chamado cavalo (the return of a man called horse)

bullet  Irei como um cavalo louco (j irai comme un cheval fou)

bullet  Peixonauta

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  O gato de botas

bullet  Livro de banho galinha pintadinha

bullet  Um gato aprende a morrer

bullet  Passaros sao eternos, os

bullet  O gato que tocava brahms

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos