Digite aqui a palavra-chave.






Redes Sociais


Instagram

Home Page > Raças & Espécies > Cães > Mastiff




Mastiff

 Mastiff

Nome no país de origem: Mastiff
Utilização: Guarda e defesa
Sem prova de trabalho
RESUMO HISTÓRICO: o Mastiff, talvez não exatamente na forma como nós
o conhecemos hoje, tem estado conosco por muitas centenas de anos, e
desempenhou o seu papel na história desde bem antes da Batalha de Agincourt,
no início do século XV. Mesmo então o Mastiff era conhecido por sua coragem e
instinto de guarda. Há registros de que quando os romanos invadiram a Grã-
Bretanha encontraram um cão do tipo Mastiff já neste momento, e ficaram tão
impressionados que levaram alguns de volta para lutar nas arenas de Roma.
Quando os Normandos chegaram à Grã-Bretanha, o tipo Mastiff era tão comum
que a palavra francesa “Dogue” encontrou o seu caminho para o idioma Inglês.
A raça quase foi extinta na Grã-Bretanha após a Segunda Guerra Mundial.
Linhagens foram então importadas, e desde essa época a composição numérica
e de qualidade da raça tomou um grande crescimento. Combinando
grandiosidade com boa natureza, ele é um cão extremamente grande em altura
e cincunferência, largo e profundo no corpo, cheio de substância, com grandes
ossos fortes.
APARÊNCIA GERAL: a cabeça, em seu contorno geral, dá uma aparência quadrada,
quando vista de qualquer ângulo. Uma boa largura é altamente desejada e a razão
entre o comprimento de toda cabeça e a face é de 2:3. Corpo maciço, largo, profundo,
longo, de construção poderosa, sobre pernas bem separadas e colocadas de forma
quadrada. Músculos nitidamente definidos. O tamanho grande é desejado, mas
somente se combinado com qualidade e se o equilíbrio absoluto é mantido. Altura e
substância são dois pontos importantes quando proporcionalmente combinados.
Grande, poderoso, um conjunto bem ajustado.
PROPORÇÕES IMPORTANTES: o comprimento do corpo, da ponta do ombro
à ponta da nadega, é maior que a altura na cernelha.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: uma combinação de grandeza e
coragem. Calmo, afetuoso com os donos, mas capaz de guardar. Normalmente
indiferente com estranhos; timidez é inaceitável.
4
CABEÇA
REGIÃO CRANIANA
Crânio: largo entre as orelhas, testa lisa, mas com rugas quando está em atenção. As
sobrancelhas (arcadas superciliares) são ligeiramente proeminentes. O perfil do crânio
é suavemente arqueado, com uma depressão central superior que se inicia na linha
média entre os olhos e se estende até o meio da sutura sagital.
REGIÃO FACIAL
Trufa: preta. Larga, com narinas bem abertas quando vistas de frente; achatada
(nem pontuda, nem arrebitada), de perfil.
Focinho: curto, largo abaixo dos olhos, mantendo, praticamente, a mesma largura
até a ponta da trufa; truncado, isto é, abrupto e talhado quadrado, formando um
ângulo reto com a linha superior da face; de grande profundidade da ponta da trufa
até a mandíbula. O comprimento do focinho é igual a 1/3 do tamanho total da cabeça.
A circunferência do focinho (medido à meia distância dos olhos à trufa) é igual a 3/5
do perímetro do crânio (medido antes das orelhas). Quando em repouso, qualquer
exagero de rugas ou pele em excesso é inaceitável em cães maduros.
Lábios: divergem, formando um ângulo obtuso com a linha superior do focinho,
sendo ligeiramente pendentes, de maneira a apresentar um perfil quadrado.
Maxilares / Dentes: mandíbula larga até o fim. Dentes caninos saudáveis, poderosos
e bem separados. Incisivos nivelados (mordedura em pinça ou torquês, ponta
com ponta) ou ligeiro prognatismo inferior (tesoura invertida), mas nunca tanto
que os torne visíveis quando a boca está fechada.
Bochechas: músculos das têmporas e bochechas (temporais e massetéricos) bem
desenvolvidos.
Olhos: tamanho moderado, bem afastados. De cor marrom avelã, sendo que, quanto
mais escuros, melhor. Não devem mostrar a terceira pálpebra. Pálpebras soltas são
altamente indesejáveis. Livres de óbvios problemas oculares.
Orelhas: pequenas; finas ao toque, bem separadas, inseridas na parte mais alta das
laterais do crânio, de modo a sugerir uma linha contínua de uma orelha à outra,
passando pelo topo do crânio; quando em repouso, portadas dobradas e caídas
rentes às faces.
5
PESCOÇO: ligeiramente arqueado, moderadamente longo, bem musculoso e
medindo, em circunferência, de 2,5 a 5 cm a menos que a medida do crânio tomada
antes das orelhas.
TRONCO
Linha superior: nivelada.
Dorso: largo e musculoso.
Lombo: largo e musculoso; plano e muito largo nas fêmeas; ligeiramente arqueados
nos machos.
Peito: largo, profundo e bem descido entre os anteriores. Costelas arqueadas e bem
redondas. Falsas costelas profundas e bem inseridas em direção ao quadril.
Linha inferior e ventre: grande profundidade dos flancos.
CAUDA: inserida alta, alcançando os jarretes ou um pouco abaixo deles; larga na
raiz e afinando para a ponta; pendente reta em repouso, mas formando uma curva
com a extremidade apontando para cima, porém, não sobre o dorso quando o cão
está em ação.
MEMBROS
ANTERIORES
Aparência geral: balanceados e em harmonia com os posteriores.
Ombros: ligeiramente inclinados, pesados e musculosos.
Braços: ligeiramente inclinados, pesados e musculosos.
Cotovelos: retos.
Antebraços: pernas retas, fortes e bem separadas, com grande ossatura.
Metacarpos: jarretes verticais.
Patas: grandes, redondas e apertadas. Dedos bem arqueados. Unhas pretas.
6
POSTERIORES
Aparência geral: largos, amplos e musculosos. Força nos posteriores é de suma
importância; jarretes de vaca em adultos maduros são inaceitáveis.
Pernas: bem desenvolvidas.
Metatarsos: jarretes angulados, bem separados e bastante aprumados tanto quando
parado quanto em movimento.
Patas: grandes, redondas e apertadas. Dedos bem arqueados. Unhas pretas.
MOVIMENTAÇÃO: poderosa, com fácil alcance, impulsionada pelos posteriores,
fluente, balanceada, passos com boa cobertura de solo. Linha superior mantida
nivelada quando em movimento. Tendência para o passo de camelo é indesejável.
Solidez absoluta é essencial.
PELAGEM
Pelo: curto e assente, mas grosseiro sobre o pescoço e ombros.
COR: abricó, fulvo ou tigrado. Em qualquer destes casos, o focinho, as orelhas e a
trufa devem ser de cor preta, com pálpebras pretas, e estendendo-se para cima,
entre elas. Branco excessivo no tronco, peito ou patas é inaceitável.
FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como
falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem
estar do cão.
FALTAS DESQUALIFICANTES
• agressividade ou timidez excessiva.
• todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de
comportamento deve ser desqualificado.
NOTA:
• os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem
descidos e acomodados na bolsa escrotal.



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Deixe seu comentários :






Profissionais Colunistas


bullet  Rita Ericson http://bichosaudavel.com/anestesia-em- caes-e-gatos/

bullet  https://upacfortaleza.wordpress.com/artigos/

bullet  Rita Ericson http://bichosaudavel.com/meu cao nao quer comer/

bullet  Av. Brasil 1772, Jd. Chapadão Campinas/SP * ATENDIMENTO 24HRS * (ao Lado do posto Shell cruzamento com a Imperatriz Leopoldina x Francisco josé de Camargo Andrade) (19) 3212 2601 (19) 9822 3758 contato@edosbichos.com.br

bullet  Jacqueline R. F. Cremoneze

Confira todos os Colunistas

Sugestão de nomes para filhotes:



bullet  Ruan bullet  Belkabullet  Pilotobullet  Karlbullet  Metro
Confira todas as sugestões de nomes



Perguntas mais frequentes


bullet  Quantos leitores acessam ConteudoAnimal.com.br ?

bullet  Quais as formar de anunciar no Conteudo Animal?

bullet  Como anunciar no ConteudoAnimal.com.br ?

bullet  Conteudo Animal são gratuítos aos leitores ?

bullet  Quantas pessoas acessam o conteudoanimal.com.br, diariamente, mensalmente, anualmente ?

Ver todas perguntas mais frequentes

Dicas Veterinárias:


bullet  Distúrbios da medula espinhal de desenvolvimento em cães

bullet  Cálculos do trato urinário / cristais composto de ácido úrico em cães

bullet  Por que treinar

bullet  Anestesiologia veterinária em pequenos animais

bullet  Como agir se meu cachorro tiver um ataque epilético

Ver todas as Dicas Veterinárias

Letras de Música:


bullet  Eu nasci há dez mil anos atrás

bullet  O brasil de la mancha: sou miguel, padre miguel sou cervantes, sou quixote cavaleiro, pixote

bullet  Safado, cachorro, sem vergonha babado novo

bullet  O beijo da mulher aranha

bullet  Incompatibilidade de gênios

Ver todas as Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bullet  O gato (dr seuss the cat in the hat)

bullet  O corcel negro

bullet  Cavalo de guerra (war horse)

bullet  O cachorro (el perro)

bullet  Flipper (1996)

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  A perigosa vida dos passarinhos pequenos

bullet  Explicação dos pássaros

bullet  O estranho caso do cachorro morto

bullet  Vira-lata? não! também sou cachorro

bullet  O gato que tocava brahms

Ver todos os Livros

Declaração Universal dos Direitos dos Animais



Curiosidades do dia a dia :

bullet  Engatinhar --> Fase intermediária até o bebê conseguir andar

bullet  comer/compar gato por lebre --> ser enganado

bullet  Tartarugas --> Usadas para delimitar faixas de rodagem em ruas e rodovias

bullet  macaco --> instrumento que auxilia levantamento do carro para reparro homem feio pilar que leva apenas 2 tijolos (velho) pessoa com experiência dispositivo usado para graduar e esticar a tensão de cabos e correntes fixas

bullet  Galo --> Tipo de machucado quando se bate a cabeça (da Madrugada) Bloco de Carnaval

Confira todas as curiosidade do cotidiano



Encurtador de URL:

URL:

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos