Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Raças & Espécies > Cães > Cesky terrier

pinterest



Cesky terrier

 CESKYTERRIER

País de origem: República Tcheca
Nome no país de origem: Ceský Teriér
Utilização: Originariamente uma raça criada para
caça à raposa e
ao texugo, hoje, no entanto,
atua mais como cão de companhia.
Sem prova de trabalho
RESUMO HISTÓRICO: o Cesky Terrier é o resultado de um cruzamento entre as
raças de um Sealyham Terrier macho e uma Scottish Terrier f;mea, com o objetivo
de criar uma raça de Terrier de caça: leve, de membros curtos, bem pigmentada, com
orelhas caídas e práticas, fácil de tratar e de treinar. Em 1949, o Sr. Frantisek Horák
de Klánovice, perto de Praga, começou a aprimorar a raça fi xando suas características.
Em 1959, esses cães foram apresentados pela primeira vez e, fi nalmente, a raça foi
reconhecida pela FCI em 1963.
APARÊNCIA GERAL: terrier de membros curtos, formato retangular, p;los longos,
bem construído e bem musculoso, com pequenas orelhas caídas.
MEDIDAS IDEAIS Machos
F;meas
Altura na cernelha 29 cm 27 cm
Comprimento do crânio 21 cm 20 cm
Largura do crânio 10 cm 9 cm
Perímetro torácico (atrás dos cotovelos) 45 cm 44 cm
Comprimento do tronco 43 cm 40 cm
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: equilibrado, manso, agradável e
alegre companheiro; fácil de treinar; um pouco reservado com estranhos; calmo e
gentilmente disposto.
CABEÇA: de fi gura longa, boleada, cunha não muito larga, com o plano do crânio
formando um stop bem marcado com a cana nasal.
REGIÃO CRANIANA
Crânio: moderadamente largo entre as orelhas e afi nando levemente em direção
às arcadas supraorbitais.
Protuberância occipital, fácil de apalpar; ossos da face
moderadamente proeminentes. Sulco frontal só um pouco marcado.
Stop: aparente, sem ser acentuado.
REGIÃO FACIAL
Tr ufa: escura e bem desenvolvida. Deve ser preta nos Terriers com a pelagem cinzaazulada,
e cor de fígado nos Terriers marromcafé
claros.
Cana nasal: reta.
Maxilares / Dentes: maxilares fortes. Mordedura em tesoura ou torqu;s; dentição
completa (a aus;ncia de 2 M3 na mandíbula não deve ser penalizada). Dentes fortes
alinhados e inseridos ortogonalmente aos maxilares.
Lábios: relativamente grossos, bem ajustados.
Bochechas: malares moderadamente proeminentes.
Olhos: de tamanho médio, inseridos levemente profundos, com expressão amigável;
bem recobertos por sobrancelhas. Marrom ou marrom escuro nos cães cinzaazulados;
marrom claro nos marromcafé
claros. Rimas das pálpebras pretas nos cães cinzaazulados;
cor fígado nos marromcafé
claros.
Orelhas: de tamanho médio, caídas de forma a cobrir o orifício. Inseridas de
prefer;ncia altas e caídas achatadas contra às faces. Em forma triangular, com o lado
menor do triângulo na dobra da orelha.
PESCOÇO: de comprimento médio, forte, portado inclinado. A pele da garganta é
um tanto solta, mas sem formar barbela.
TRONCO: alongado.
Linha super ior: arqueada porque o lombo e a garupa são sempre moderadamente
arqueados.
Cernelha: moderadamente pronunciada; pescoço inserido preferencialmente alto.
Dorso: forte, de comprimento médio.
Lombo: relativamente longo, musculoso, largo e ligeiramente arqueado.
Garupa: fortemente desenvolvida, musculosa; garupa moderadamente angulada.
Garupa ligeiramente mais alta do que a cernelha.
Peito: mais cilíndrico que profundo; costelas bem arqueadas.
Ventre: amplo e ligeiramente esgalgado. Flancos bem cheios.
6
CAUDA: o comprimento ideal é de 18 a 20 cm; relativamente forte e inserida baixa.
Em repouso, portada pendente ou com uma ligeira curva na ponta; em alerta, a cauda
é portada em forma de sabre horizontalmente ou mais alta.
MEMBROS
Anter iores: os membros anteriores são retos, paralelos e de boa ossatura.
Ombros: musculosos.
Cotovelos: de certa forma livres, não virados nem para dentro nem para fora.
Patas: grandes; dedos bem arqueados e unhas fortes. Almofadas bem desenvolvidas
e duras.
Posteriores: membros fortes, paralelos, bem angulados e musculosos.
Per nas: curtas.
J arretes: relativamente altos, fortemente desenvolvidos.
Patas: menores que as anteriores.
MOVIMENTAÇÃO: fl uente, resistente, vigorosa, com boa propulsão. Galope mais
para lento, porém duradouro. Os membros anteriores se movimentam em linha reta.
PELE: ajustada, grossa, sem rugas ou barbelas, pigmentada.
PELAGEM
P;lo: longo, fi no, porém fi rme, ligeiramente ondulado, com o brilho da seda; não
muito exagerado. O Cesky Terrier é tosado à tesoura (clipping). Na região anterior
da cabeça, o p;lo não deve ser aparado, formando assim sobrancelhas e barba. Na
região inferior dos membros, na linha inferior do peito e ventre, também não deve
ser aparado. Na preparação para exposições, o p;lo da linha superior do pescoço,
nos ombros e no dorso deve ter o comprimento máximo de 1cm a 1,5 cm; deve ser
mais curto nas regiões laterais do tronco e na cauda; bem curto nas orelhas e faces,
na região inferior do pescoço, nos cotovelos, coxas e em torno do ânus. A transição
entre as regiões tosadas e não tosadas deve ser suave e jamais abrupta.
COR: o Cesky Terrier tem duas variedades de cor na pelagem:
· cinzaazulado
(os fi lhotes nascem pretos).
· marromcafé
claro (os fi lhotes nascem marrom chocolate).
Em ambas as variedades de cor, são permitidas marcas amarelas, cinza ou brancas
na cabeça (barba, bochechas), pescoço, peito, ventre, membros e em torno do ânus.
Ocasionalmente pode ocorrer um colar branco ou branco na ponta da cauda. A cor
básica, contudo, deve ser sempre predominante.
TAMANHO
altura na cernelha: entre 25 e 32 cm.
altura ideal: para macho: 29 cm.
para f;mea: 27 cm.
O peso deve permanecer entre 6 e 10 quilos.




Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Letras de Música com temas Animais:

bullet  Safado, cachorro, sem vergonha babado novo

bullet  Pedras Que Cantam

bullet  Festa do boi bumba

bullet  Tem boi na linha

bullet  Chora viola

Ver todas as Músicas

Dicas Veterinárias:

bullet  Cinomose

bullet  Zooterapia ajuda no combate ? depresso

bullet  Primeira noite do filhote chegando em casa

bullet  Responsabilidade civil do mdico veterinrio

bullet  Doena de peixes - ictio - parasita

Ver todas as Dicas Veterinárias

Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet   Flvia Raucci Facchinihttp://www.infohorse.com.br/2018/05/07/a criacao de cavalos paixao e zelo/

bullet  Claudia Leschonski Veterinria de Cavalos Blog http://leschonski.blog.terra.com.br/

bullet  Eng. Agr. Aliomar Gabriel da Silva, MS, PhD Celular: (16) 9 8149-7557 e E-mail: aliomargabrieldasilva@hotmail.com

bullet  Eng Agrnomo Andr Fabbrocini Gonalves, atua na rea de manejo de pastagem, segurana dos animais, nutrio, desenvolvimento de projetos http://www.andrefabbrocini.com.br/ (11) 93829722 e (11) 77435504 e nextel 96*40594

bullet  Sergio Lobato www.sergiolobato.com.br

Confira todos os Colunistas



Cinema, Filmes e Seriados:

bullet  Seefood um peixe fora d agua (seefood)

bullet  A morte anda a cavalo (da uomo a uomo / death rides a horse)

bullet  Minha vida de cachorro (mitt liv som hund)

bullet  O dia do gato

bullet  Animais unidos - jamais sero vencidos

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  Os segredos dos gatos tudo para entender e ensinar o seu companheiro

bullet  Quem e mais feliz: voce ou o seu cachorro?

bullet  Atlas colorido de anatomia veterinria do co e gato

bullet  Um gato indiscreto e outros contos

bullet  Passaro-camaleao, o

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos