Digite aqui a palavra-chave.






Redes Sociais


Instagram

Home Page > Raças & Espécies > Cães > cao de castro laboreira




cao de castro laboreira

 caodecastrolaboreira
Histórico histórico: uma das mais antigas raças da península ibérica, deve
seu nome a uma pequena aldeia chamada "castro laboreiro", localizada no município
de melgaço no extremo norte de portugal, de onde é originária é uma região rústica e montanhosa, que vai do rio minho para as montanhas peneda e soajo, com altitudes
de aproximadamente 1400m é delimitada pelos rios minho, trancoso, laboreiro e
mouro
aparência geral: a raça tem ligeiramente o tipo do mastiff um animal
vigoroso, de aparência agradável e muitas vezes de pelagem impressionante tem
uma expressão severa e séria, bem como a rusticidade de um montanhês
proporções importantes: moderadamente longo (sub-longilíneo), com
relação de 7:6 do comprimento do corpo para a altura na cernelha; a profundidade de
peito é ligeiramente menor que a metade da altura da cernelha os eixos superiores
crânio-faciais são ligeiramente divergentes o focinho é ligeiramente mais curto que o
crânio, isto é, a relação crânio-focinho é de 6:5
comportamento / temperamento: um companheiro leal e dócil para
com a própria família, essencial na proteção dos rebanhos contra os ataques de
lobos, que na área de origem da raça ainda são muito frequentes devido a sua
constante vigilância, é o cão de guarda ideal para a propriedade que lhe for confiada,
patrulhando-a frequentemente de natureza nobre muito ágil e ativo, às vezes toma
atitude hostil, mas não é brigão ele tem como característica o latido de alerta, que
começa com um som grave, ascendendo para uma baixa frequência e terminando
com sons prolongados de alta frequência
cabeça: de tamanho médio, mais para leve do que grosseira; seca sem ser esguia;
pele bem desenvolvida, mas sem rugas; longa, tendendo para retilínea
região craniana
crânio: moderadamente desenvolvido, suavemente proeminente e moderadamente
largo os eixos superiores crânio-faciais são ligeiramente divergentes, com um perfil
tendendo para o retilíneo as arcadas superciliares são levemente desenvolvidas,
com sulco frontal quase imperceptível protuberância occipital não pronunciadastop: não pronunciado, localizado à maior distância da protuberância occiptal que
da ponta da trufa
5
região facial
trufa: bem desenvolvida, em linha com a cana nasal e volumosa narinas bem abertas,
sempre pretas
focinho: longo, reto, forte; afilando gradualmente em direção à ponta da trufa, porém,
sem ser estreito ou pontudo
lábios: bem entalhados, com comissuras labiais medianas e imperceptíveis; nem
pendentes nem carnudos as membranas mucosas do palato e das bordas labiais são
fortemente pigmentadas de preto
maxilares / dentes: poderosos, bem musculosos e com bom encaixe dentição
completa, com dentes fortes, brancos, bem ajustados entre si e bem inseridos nas
mandíbulas mordedura em tesoura (isto é, os dentes superiores recobrem os dentes
inferiores e são inseridos ortogonalmente aos maxilares), sendo aceita a mordedura
em torquês (ou pinça, ponta com ponta)
bochechas: planas, convergindo moderadamente até a ponta do focinho, sem redução
gradual
olhos: de tamanho médio, amendoados, oblíquos, nivelados, nem proeminentes
nem profundos de cor marrom, variando do marrom claro em cães com a pelagem
clara ao marrom escuro, quase preto, em cães com a pelagem mais escura expressão
severa e dura pálpebras pretas
orelhas: de inserção um pouco alta, caindo naturalmente paralelas em ambos os
lados da cabeça; pendentes finas e quase triangulares, com as pontas arredondadas;
de tamanho médio (comprimento igual à largura) quando em atenção as orelhas
voltam-se para frente
pescoço: bem inserido ao corpo e cabeça, conferindo à cabeça um porte
orgulhoso; curto; reto; bem desenvolvido e de espessura proporcional; sem barbela
tronco
linha superior: reta ou ligeiramente inclinada
cernelha: bem inserida entre o pescoço e o corpo
dorso: comprimento médio; forte; mais alongado que o lombo
lombo: curto, largo, bem musculoso, conectado de forma harmoniosa à garupa
6
garupa: curta, larga, bem musculosa, com uma suave inclinação pode ser ligeiramente
mais alta que a cernelha
peito: de forma oval, largura e profundidade medianas
linha inferior e ventre: considerável inclinação do esterno à virilha; ventre não
volumoso, mostrando uma distinta diferença na linha entre o esterno e a região
abdominal
cauda: natural, inserida mais alta que a linha média, grossa na raiz; em repouso,
deve alcançar os jarretes, caindo não muito apertada entre as franjadas nádegas;
cauda com pelos grossos e longos, especialmente na parte inferior, conferindo-lhe
um visual mais denso na porção média e com o último terço muito peludo na parte
inferior tem uma graciosa forma de cimitarra e é geralmente portada baixa quando
o cão está excitado, a cauda é portada acima da linha do dorso, inclinando-se para
cima, para frente e ligeiramente para as laterais, mas nunca tão baixo para tocar o
dorso
membros
anteriores: fortes e bem musculosos muito retos, quando vistos de frente e de
perfil; ossatura bem desenvolvida
ombros: articulações bem desenvolvidas angulação escápulo-umeral mediana
braços: bem desenvolvidos, com músculos poderosos
antebraços: retos e afunilando gradualmente de cima até os metacarpos; ossatura
bem desenvolvida, com formato ligeiramente cilíndrico
metacarpos: nem muito longos nem muito inclinados
patas: proporcionais ao tamanho e mais redondas que longas, tendendo para "patas
de gato"; com grossos dedos bem ajustados e naturalmente arqueados, não virando
nem para fora nem para dentro; unhas bem desenvolvidas, pretas ou cinza escuras,
lisas, duras, moderadamente desgastadas almofadas grossas e duras
posteriores: fortes e bem musculosos muito verticais, quando vistos por trás;
ossatura bem desenvolvida
7
coxas: bem desenvolvidas com músculos poderosos, facilmente vistos por trás
joelhos: angulação fêmuro-tibial moderadamente aberta
pernas: ossatura bem desenvolvida, músculos poderosos
jarretes: altos; a linha do jarrete inclina-se ligeiramente para frente; articulações bem
desenvolvidas e angulações tíbio-társicas moderadamente abertas
metatarsos: ossatura bem desenvolvida, com formato ligeiramente cilíndrico podem
ter ergôs simples ou duplos
patas: idênticas às anteriores
movimentação: movimentação rítmica e fácil, com os membros movendo-se
paralelos ao plano mediano do corpo o modo de andar mais comum é um caminhar
natural e, às vezes, um trote com passos livres apenas se move mais rapidamente
(trote ou galope) quando uma forte razão o motiva a fazê-lo
pelagem
pelo: pelo curto no corpo (aproximadamente 5 cm); sem subpelo levemente
embotado, suave, plano na maior parte do corpo e muito grosso; geralmente o pelo
é mais curto e denso na cabeça e nas orelhas, onde é mais macio e fino, bem como
abaixo dos cotovelos e jarretes o pelo é espesso e longo na região das nádegas, as
quais são muito peludas; grosso, resistente e um tanto áspero ao toque
cor: a mais comum é a cor de lobo, sendo que a preferida é a "cor da montanha",
assim designada pelos nativos e sendo considerada uma característica racial pelos
criadores de castro laboreiro é um pelo tigrado e com a cor de base em diferentes
tons de cinza sobrepostos com tonalidades claras e escuras de preto é típico com
pelo de três cores diferentes: variações indo das cores castanho, ao avermelhado e
mogno o tigrado pode apresentar tons mais claros ou escuros em diferentes partes
do corpo: mais escuro na cabeça, dorso e ombros; medianamente escuro no corpo,
garupa e coxas e mais claro no ventre e na parte inferior dos membros uma pequena
mancha branca no peito é permitida
tamanho / peso
altura na cernelha: machos: 58 - 64 cm (com tolerância de + 2 cm)
fêmeas: 55 - 61 cm (com tolerância de + 2 cm)
8
peso: machos: 30 a 40 kg
fêmeas: 25 a 35 kg
faltas: qualquer desvio nos termos deste padrão deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos sobre a saúde e o
bem estar do cão
o temperamento: animais que mostram sinais de timidez ou desconfiança
o cabeça: muito volumosa, ossuda ou carnuda muito estreita, longa ou
pontiaguda
o orelhas: de inserção atípica, muito grandes, carnudas ou arredondadas
o cor: pequena mancha branca que ultrapasse os limites estabelecidos pelo padrão
faltas graves
o olhos: amarelos, pálpebras soltas
o cauda: em formato de trompa (corneta) de caça, enrolada ou com um gancho
na ponta
faltas desqualificantes
o temperamento: agressividade ou timidez excessiva
o crânio/focinho: convergência dos eixos crânio-faciais superiores longitudinais
o trufa: de outra cor que não seja preta
o maxilares: prognatismo superior ou inferior
o olhos: gázeos ou de tamanhos diferentes
o surdez: congênita
o cauda: amputada ou rudimentar anurismo (inexistente)
o cor: albinismo manchada ou muito diferente das cores típicas da raça
o tamanho: acima ou abaixo dos descritos
o todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento
deve ser desqualificado
nota:
o os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem descidos e acomodados na bolsa escrotal

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Deixe seu comentários :






Profissionais Colunistas


bullet  Silvana Souza
médica veterinária
crmv-sp 9617
animalcamp
rua d pedro i nº 663; guanabara - campinas/sp
fone: (19) 32425370 ou 97965242
www.animalcampcjbnet
homeovete@yahoo.com.br

bullet  CEPAV Centro de Patologia Clínica Veterinária Ltda. Rua Tanabi, 185 Água Branca São Paulo SP. CEP. 05002 010 Tel.: (11) 3872 9553

bullet  Heloísa Helena Amaro

bullet  Karine Kleine www.grupokleine.com.br

bullet  Dan Wroblewski www.bordercollie.com.br dw@parquecanino.com.br

Confira todos os Colunistas

Sugestão de nomes para filhotes:



bullet  Ranna bullet  Luzbullet  Crystalbullet  Basterbullet  George
Confira todas as sugestões de nomes



Perguntas mais frequentes


bullet  Eu não encontrei material sobre meu pet ?

bullet  Conteudo Animal são gratuítos aos leitores ?

bullet  Eu posso hospedar meu site no portal Conteudo Animal ?

bullet  Como incluir notícias de seus clientes ?

bullet  Como anunciar no ConteudoAnimal.com.br ?

Ver todas perguntas mais frequentes

Dicas Veterinárias:


bullet  Primeiro banho no filhote passo a passo e dicas para cão adulto

bullet  Acral lamber dermatite em cães

bullet  5 ideias para seu pet shop vender mais mesmo em tempos de crise 17/10/2016/0 comments/em estratégias de negócios /por vetus

bullet  Como amenizar o medo dos fogos de artifício

bullet  Lipidose hepática

Ver todas as Dicas Veterinárias

Letras de Música:


bullet  Cachorro manco lourenço e lourival

bullet  Cavalo manco banda calypso

bullet  Rock das Aranhas

bullet  cerol na mão

bullet  Galo de rinha jayme caetano braun

Ver todas as Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bullet  Bud, o cão amigo - air bud

bullet  Harry, o amigo de tonto

bullet  Meu cachorro skip (my dog skip)

bullet  Lassie

bullet  Manda-chuva – o filme (don gato y su pandilla)

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  Aves-simbolos dos estados brasileiros, as

bullet  Pequenos passaros

bullet  Um gato indiscreto e outros contos

bullet  Marley e eu

bullet  Enfermidades dos cavalos

Ver todos os Livros

Declaração Universal dos Direitos dos Animais



Curiosidades do dia a dia :

bullet  Galo --> Tipo de machucado quando se bate a cabeça (da Madrugada) Bloco de Carnaval

bullet  Nome de Famosos --> Paulo Coelho,

bullet  Golfinho --> Estilo de Natação

bullet  jacaré --> Aparelho, nas farmácias, se abertam rolhas tipo de Colher de Pedreiro peça fixa para desvio de trilhos ferroviários Terminal elétrico para ligações de fios de forma rápida e não permantes tipo de candeeiro de Querosene

bullet  Engatinhar --> Fase intermediária até o bebê conseguir andar

Confira todas as curiosidade do cotidiano



Encurtador de URL:

URL:

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos