Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Raças & Espécies > Cães > Buldogue serrano

pinterest



Buldogue serrano

 BULDOGUESERRANO

País de origem: Brasil
Nome no país de origem: Buldogue Serrano
Utilização: Submissão de bovinos, guarda e companhia.Cão de grande versatilidade, deve ter a capacidade de derrubar um boi, mas, ser ágil e baixo o suficiente para passar por baixo das cercas dos mangueiros de gado.
Prova de trabalho: Obrigatória.
APARÊNCIA GERAL: cão de aspecto sólido, maciço, atarracado, mas dando
impressão de grande agilidade. Músculos longos que denotem a agilidade do cão.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: cão dócil e meigo com as pessoas
da casa. Guardião equilibrado, atento e versátil. Deve possuir extrema coragem e
mostrar submissão à disciplina ante seu dono. Não deve dar demonstrações gratuitas
de agressividade à pessoas ou a cães. Mas, deve ser destemido quando provocado
ou sob comando.
PROPORÇÕES IMPORTANTES: o comprimento do tronco deve ultrapassar a
altura na cernelha em aproximadamente dezoito por cento. A profundidade do peito
deve ser de aproximadamente 55% da altura da cernelha. A cabeça deve ser
proporcional ao tamanho do cão e seu comprimento deve ter aproximadamente 35%
do comprimento do tronco. As f;meas tendem a ser minimamente mais longas e com
cabeça proporcionalmente menor.
CABEÇA: não deve ser nem pesada nem leve. Larga. Os masséteres devem ser
poderosos; arco zigomático largo, mas não exageradamente, e deve se sobressair em
relação à largura do focinho. Stop profundo e arcadas superciliares aparentes. Devese
lembrar que a cabeça, para ser funcional, não pode ser frágil nem exageradamente
pesada.
REGIÃO CRANIANA
Crânio: largo e profundo, mas sem exagero em nenhuma proporção. Deve ter um
contorno reto na linha entre as orelhas e convexo na linha que vai do occipital ao
stop.
REGIÃO FACIAL
Trufa: preta, cinza ou cor de carne.
Focinho: deve ter comprimento aproximado de 1/3 do total da cabeça, relação crâniofocinho
é de 2:1. Reto, relativamente largo. A largura do arco zigomático deve se
sobressair em relação a do focinho, não devendo, no entanto, tal proporção ser
exagerada. Prognata, o maxilar inferior ultrapassa o maxilar superior, mas sem
prognatismo exagerado.
4
Lábios: curtos, aderentes. Não devem, de forma alguma, ser longos ou pendentes.
Olhos: ovais, de qualquer cor, exceto azul.
Orelhas: pequenas, semi-caídas ou pendentes, com a pele relativamente fina, de
implante alto.
PESCOÇO: grosso, forte, de comprimento médio. Desprovido de barbelas.
TRONCO
Linha superior: reta.
Garupa: forte e redonda, com linha superior convexa.
Dorso: relativamente curto.
Antepeito: amplo.
Costelas: bem arqueadas.
MEMBROS
ANTERIORES:
Ombros: largos, musculosos e oblíquos.
Braços: bem musculosos, mas não com músculos exageradamente definidos ou
desenvolvidos, como o atual Alapaha Bulldog.
Aprumos: retos. Ossos retos, fortes, mas não exageradamente pesados.
Patas: levemente viradas para fora.
POSTERIORES
Coxas: bem desenvolvidas e musculosas.
Jarretes: angulação obrigatória nos jarretes, mas moderada.
Patas: voltadas para frente.
5
CAUDA: em saca-rolha ou enroscada. Não devendo ser penalizados cães cujas
caudas nasçam longas que, neste caso, devem se apresentar reta e com porte baixo,
caso não sejam operadas. Inserção média.
PELE: o cão não deve apresentar pele solta em nenhuma parte do corpo, admitindose
rugas mínimas na face.
PELAGEM: lisa, de textura média (nem muito macia nem muito dura). Pelo curto.
Qualquer cor ou variação de cores são aceitas.
ALTURA
Machos: de 50 a 56 cm
F;meas: de 48 a 53 cm.
PESO
Machos: de 31 a 40 kg.
F;meas: de 25 a 35 kg.
FALTAS: Qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como
falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade.
• desclassificantes somente as gerais para todas as raças em termos de morfologia.
• cães medrosos devem ser desclassificados.
NOTA:
• os machos devem apresentar os dois testículos, de apar;ncia normal, bem descidos
e acomodados na bolsa escrotal.
• todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento
deve ser desqualificado.
6
TESTE DE TEMPERAMENTO PARA A RAÇA
1º - O condutor conduzirá o cão com guia, e este deverá permitir a aproximação de
pessoas estranhas dentro do raio de ação da guia sem procurar atacá-las, ficando em
relação a elas indiferente ou amistoso. O condutor poderá recusar a aproximação de
pessoas que já tenham servido como figurantes, ou que tomem atitudes hostis.
2º - Um figurante munido de manga adequada ou proteção mais ampla de mesma
natureza provocará o cão, que deverá reagir sem qualquer recuo, mordendo firmemente
a manga. O figurante deverá exercer pressão psicológica sobre o cão. Após 10
segundos, no mínimo, o condutor deverá ordenar ao cão que solte a manga, e este
deverá faz;-lo dentro de 4 segundos. Após, o figurante largará a manga e o cão
deverá se focar no figurante e não nesta. Não serão aprovados cães que soltarem
antes do comando, bem como aqueles que não o fizerem decorridos 4 segundos do
comando. Não serão aprovados cães que continuarem se focando na manga deixada
ao solo ou que desligarem sua atenção do figurante.
Será considerado apto o cão que for aprovado por dois árbitros diferentes em duas
ocasiões distintas com um intervalo mínimo de 30 dias entre elas.
Será proibido o uso de enforcadores de grampos (carranas) ou de qualquer tipo
destravados, no momento do teste.
Os cães deverão se apresentar em adequadas condições de higiene e saúde.




Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Letras de Música com temas Animais:

bullet  Caminheiro

bullet  Anfibios malditos

bullet  Eu Nao Sou Cachorro No

bullet  Ninho de cobras contra veneno

bullet  Vida de cachorro teodoro e sampaio

Ver todas as Músicas

Dicas Veterinárias:

bullet  O cncer de lngua (carcinoma de clulas escamosas) em ces

bullet  Sindrome do co nadador

bullet  Saiba qual a alimentao ideal para a calopsita

bullet  Batida problemas cardacos

bullet  A intoxicao por paracetamol nos felinos pode ser fatal

Ver todas as Dicas Veterinárias

Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet  Adriana Morales Mdica Veterinria CRMV: 6467 Membro do Colgio Brasileiro de Oftamologia Veterinria. Avenida 11 de Agosto, 1693. Valinhos/SP Tel.: 19 38492522

bullet  Susana Reinhardt Cintra Superintendente do Servio de Registro Genealgico da Raa Bret?o, Zootecnista. ABCCBret?o (19) 38077974/ 97154545 (Susana). Email: cavalobretao@uol.com.br. Andr Galv?o Cintra Presidente da ABBCBret?o e Criador

bullet  Andr Barreto www.andrebarreto.com 1150936244 / 25037333

bullet  Helena A. Hestermann info@happydogs.com.br www.happydogs.com.br

bullet  Arlette Farias FISH GARDEN (19) 32365073 Campinas SP

Confira todos os Colunistas



Cinema, Filmes e Seriados:

bullet  Silver a lenda do cavalo prateado the silver brumby

bullet  King kong

bullet  O gato mais rico do mundo (the richest cat in the world)

bullet  Pets a vida secreta dos bichos

bullet  O cavalo de ferro (the iron horse)

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  Cachorro magro

bullet  O cachorro e o lobo

bullet  O gato e a revoluo

bullet  Um gato indiscreto e outros contos

bullet  No meu peito no cabem pssaros

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos