Digite aqui a palavra-chave.




Home Page > Notícias > Saiba como atenuar efeitos dos fogos de artificio para os animais

pinterest



Saiba como atenuar efeitos dos fogos de artificio para os animais


Bichos podem até ter um ataque do coração, diz veterinária.
Especialista dá dicas para proteger os animais nas festas de fim de ano.

Luiz Vieira Do G1 Triângulo Mineiro

Veterin&aacuteriaVeterinária da dicas de como evitar acidentes
com animais (Foto: Graciela/Reprodução)

O barulho dos fogos de artifício é um verdadeiro tormento para a audição dos animais. Com as festas de fim de ano a situação para os bichos e os donos fica ainda pior por causa das comemoraçóes. Em casos mais graves eles podem fugir de casa ou até mesmo ter um ataque do coração. Mas segundo especialistas, existem formas de prevenir esse tipo de acidente.

De acordo com a veterinária Graciela Mendes de Melo Camacho, esse tipo de situação só ocorre porque os animais têm uma audição muito mais aguçada do que a os humanos. Nos pássaros a situação pode passar do susto e causar uma parada cardíaca ocasionando a morte do animal.

ldquo;A audição do animal é bem mais aguçada do que a nossa, então o barulho assusta muito. Esse tipo de ocorrência é comum não só em cães e gatos. Nos pássaros existem casos nos quais os donos os encontram mortos dentro da gaiola no dia seguinte. É um barulho muito forte para eles, então acabam morrendo de susto, pois coração das aves é muito sensível rdquo;, alertou.

Veja algumas dicas da veterinária para evitar ou amenizar a dor dos animais

Aplicação de Florais - O produto pode ser encontrado em farmácias de manipulação ou lojas de homeopatia. Não tem gosto, é natural e não tem efeito colateral nos animais. Funcionam como uma espé cie de calmante. ldquo;No caso dos pássaros ele pode ser colocado no bebedouro deles. Nos cães e gatos pode ser direto na boca com um conta-gotas. São produtos naturais sem álcool e sem glicerina, então os animais não vão saber rdquo;.

Avaliar o ambiente do animal - É preciso saber o que há em volta para que o bicho não se machuque durante a queima dos fogos de artifício. Cães e gatos devem ficar em ambientes livres de grades onde possam se ferir e també m sem coleiras para evitar que se enforquem. Já os pássaros, de preferência, devem ficar em locais onde o som seja abafado e coberto.

A audição do animal é bem mais aguçada do que a nossa, então o barulho assusta muito"

Graciela Mendes de Melo Camacho

ldquo;Peço sempre para não deixar o cachorro na coleira quando sair de casa e deixar o cachorro sozinho, pois ele pode ficar nervoso, assustado e se enforcar. Se ele ficar dentro de casa é preciso deixar a televisão ligada, por exemplo, para ter um som que vai distrair dos barulhos de fogos", ressaltou.

Outra recomendação é tentar abafar a entrada do som. Colocar cobertores nas janelas e nas portas para evitar que esse som atrapalhe. Em casas que têm grades nas janelas e nos portões a atenção deve ser maior porque o animal pode tentar escapar e ficar preso entre as grades. Em relação aos pássaros, deve-se acomodá-los em um local mais afastado do som e cobrir a gaiola com um pano.

Atenção às características dos bichos ndash; É preciso prever a reação de cada um. ldquo;Para quem tem gato dentro de casa indico fazer uma cabaninha ou abrigo no qual ele possa se esconder. A mesma dica serve para cães. Os gatos têm costume de viver soltos pela casa, mas a melhor opção é prendê-los. E quem tem mais de um animal dentro de casa o ideal é separá-los para evitar brigas rdquo;, concluiu a veterinária.

População pode ajudar

RitaRita sofre junto com os animais durante o período
de festas. (Foto: Luiz Vieira)

Em Uberaba, a administradora Rita Andrade promove voluntariamente a adoção e doação de cães e gatos. Ela têm cerca de 25 animais e acredita que a população precisava ter mais carinho e atenção em relação ao barulho dos fogos de artifício.

ldquo;Eu considero uma falta de respeito porque, de acordo com a literatura mé dica, os cães têm 40 vezes mais audição do que o humano rdquo;, argumentou.

Ainda de acordo com a administradora, cada cachorro do qual ela cuida tem uma forma diferente de reagir ao barulho dos fogos de artifício. Poré m, um deles tem a reação mais grave quando o assunto são os fogos de artifício. ldquo;Quando o tito ouve os fogos consegue pular um portão enorme e arranha a porta de casa. Ele só se acalma quando entra para dentro da residência e vai se esconder rdquo;, finalizou Rita.



Fonte da Notícia: http://g1.globo.com/minas-gerais/triangulo-mineiro/noticia/2011/12/saiba-como-atenuar-efeitos-dos-fogos-de-artificio-para-os-animais.html

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos