Digite aqui a palavra-chave.




Home Page > Notícias > Projeto monitora mais um ninho de tartarugas marinhas no litoral do pi

pinterest



Projeto monitora mais um ninho de tartarugas marinhas no litoral do pi


Ocorrência de nova desova aconteceu na Praia do Coqueiro, Luís Correia.

Monitoramento será feito por 65 dias até o nascimento dos filhotes.

Do G1 PI

A equipe do Projeto Tartarugas do Delta foi comunicada na manhã deste sábado (30) sobre a ocorrência de uma desova de tartaruga marinha na Praia do Coqueiro, em Luís Correia, próximo ao Hotel Barramares, no Litoral do Piauí.

BiólogaBióloga do projeto alerta para a presença de veículos na praia (Foto: Divulgação/Projeto Tartarugas do Delta)

O ninho foi confirmado pelos té cnicos do projeto e será monitorado até o momento do nascimento dos filhotes que normalmente dura entre 50 e 65 dias.

"Ficamos muito agradecidos com aqueles que estão colaborando com o trabalho do Tartarugas do Delta, principalmente pescadores e moradores das comunidades envolvidas, pois eles reconhecem a dificuldade de sensibilizar alguns turísticas que frequetam o litoral piauiense e que infelizmente, ainda não tiveram conhecimento sobre o trabalho de conservação com tartarugas marinhas na região", disse a coordenadora té cnica do projeto, bióloga Werlanne Magalhães.

Os té cnicos do Tartarugas do Delta relataram que durante a ocorrência, observaram que próximo ao local onde foi confeccionado esse ninho, havia um grupo de jovens jogando futebol e estes pegaram as estacas de marcação de outro ninho em processo de incubação localizado na mesma área e utilizaram como trave do gol.

"Registramos outra situação parecida com essa nesse mesmo feriado. Alé m disso, observamos um fluxo grande de veículos na praia, como sempre acontece durante o carnaval, festas natalinas, semana santa e fé rias de julho", revelou ainda Werlanne.

A equipe solicitou a ajuda ao Policiamento Turístico, que ficou de ir até o local para verificar a ocorrência.

"Nós temos como principal objetivo cuidar das tartarugas marinhas que frequentam a região do Delta do Parnaíba para realizar seu comportamento reprodutivo. Entretanto, é preciso esclarecer que esse trabalho de conservação não se limita apenas à proteção das tartarugas marinhas e sim a todos os elementos vivos do meio, principalmente o homem", explica Werlanne Magalhães.



Fonte da Notícia: http://g1.globo.com/pi/piaui/noticia/2013/03/projeto-monitora-mais-um-ninho-de-tartarugas-marinhas-no-litoral-do-piaui.html

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos