Home Page > Notícias > Filhotes de tartaruga e quero-quero nascem em parque ambiental no pa

pinterest



Filhotes de tartaruga e quero-quero nascem em parque ambiental no pa


Tartarugas da Amazônia e aves quero-quero estão em parque de Belém.

Animais requerem atenção especial de equipe de tratadores.

Do G1 PA

EspécieEspécie é encontrada em países como Venezuela, Colômbia, Equador e Peru. (Foto: Divulgação/Agência Pará)

No mês de dezembro, o parque ambiental Mangal das Garças, em Belém, recebeu novos moradores: 21 filhotes de tartaruga da Amazônia e dois filhotes de quero-quero que nasceram no local. As tartaruguinhas estão sendo cuidadas pela equipe do parque e os filhotes de quero-quero, ave que vive solta no parque, estão sendo criados pelos pais.

As tartarugas da Amazônia chegaram ao Mangal em 2005 e são fruto de apreensões do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e de doações de particulares. Elas são conhecidas pela longevidade e pelo tamanho que alcançam ao longo da vida, podem atingir até 70 centímetros de comprimento de casco na fase adulta.

Os animais requerem cuidados. ldquo;Os ovinhos das tartarugas são enterrados na areia para protegê-los de predadores. Quando nós percebemos o nascimento dos filhotes, fizemos a retirada deles pelo mesmo motivo. No criatório, eles estão sendo alimentados e limpos rdquo;, explica a veterinária do parque, Stefânia Miranda.

Apesar de terem nascido no local, os filhotes não devem ficar no espaço. ldquo;O procedimento que nós fazemos é o de dar condições de vida a essas tartarugas e depois o Ibama leva os animais para outro criatório e, em seguida, elas retornam para a natureza rdquo;, conta a Stefânia. As tartarugas da Amazônia são encontradas em outros países, como Venezuela, Colômbia, Equador e Peru.

No caso do quero-quero, não há necessidade de interferência da equipe do parque no cuidado com os filhotes, já que se trata de uma espécie territorial e muito vigilante. É comum o visitante ver o quero-quero andando em bandos. Desde pequenos, com a ajuda dos pais, os filhotes aprendem a conseguir seu próprio alimento e são difíceis de serem alcançados pelos predadores, devido à capacidade de camuflagem. Essas aves se alimentam de insetos e pequenos invertebrados.



Fonte da Notcia: http://g1.globo.com/pa/para/noticia/2012/12/filhotes-de-tartaruga-e-quero-quero-nascem-em-parque-ambiental-no-pa.html

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos