Digite aqui a palavra-chave.




Home Page > Notícias > Acordo mercosul-canad favorece made in brazil

pinterest



Acordo mercosul-canad favorece made in brazil


Por Estadão Conteudo


O


Divulgação


O Canadá é o décimo maior importador do mundo e comprou mais de US$ 500 bilhões em 2017.


 A negociação de um acordo comercial entre o Mercosul e o Canadá criará oportunidade para 321 produtos brasileiros que hoje chegam mais caros e competem em condições de desigualdade no mercado canadense. É o que mostra um estudo feito pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), repassado com exclusividade ao ‘Estadão/Broadcast’.


O Canadá é o décimo maior importador do mundo e comprou mais de US$ 500 bilhões em 2017. A corrente de comércio do Brasil com o Canadá, no entanto, foi de apenas US$ 4,5 bilhões no ano passado


Entre os setores que poderão ser beneficiados com o livre-comércio estão o automotivo, produtos químicos, metalurgia, agricultura e pecuária, produtos minerais e equipamentos de informática, entre outros.


As negociações do acordo foram lançadas no início do mês, logo depois de o presidente americano, Donald Trump, anunciar que taxaria a importação de aço, atingindo o Brasil e outros países. Nessa segunda-feira, 19, técnicos do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) iniciaram a primeira rodada de discussões no Canadá e não há prazo para conclusão.


De acordo com a CNI, o livre-comércio trará oportunidades, principalmente, porque reduzirá tarifas que hoje incidem sobre os produtos brasileiros e encarecem o preço no mercado canadense Apesar de o Canadá ser um mercado considerado aberto, os exportadores enfrentam tarifas de importação em áreas como autopeças (6%) e calçados (16% a 18%). No caso de bens agroindustriais, essa barreira pode chegar a 70%.


A lista de 321 produtos foi elaborada com base no que o Canadá importa e o que o Brasil vende ao exterior com competitividade, mas que não chega ao país da América do Norte. A maioria dos produtos da lista de oportunidades são manufaturados (255), seguidos de básicos (39) e semimanufaturados (27). Dos produtos, 84 pagam hoje tarifa de importação para chegar aos canadenses.


Carne


É o caso, por exemplo, da carne bovina. Em 2017, o produto foi taxado com uma alíquota média de 13,25%, que podia alcançar 26,5%. Com isso, a exportação para os canadenses foi próxima de zero. Outro produto com desempenho semelhante foi calçado. Em 2017, as vendas para o Canadá somaram apenas US$ 500 mil, enquanto com uma tarifa média de 16,7%. "Em um mercado tão competitivo como esse, é impossível concorrer com uma sobretaxa desse tamanho", afirma o diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi.


Ele admite que, quando o acordo for firmado, é possível que nem todas as tarifas caiam imediatamente e que existam "escadinhas" até o livre-comércio, o que é comum nesse tipo de trato: "Pelo que vimos nos outros acertos firmados pelo Canadá, ele não tende a segurar as tarifas. É um país que aplica tarifas para quem não tem acordo com eles, mas dentro do acordo tende a reduzir rápido".


A tendência é que, como aconteceu em outras negociações, como com a União Europeia, ainda em curso, o agronegócio canadense apresente pedidos de cotas e de produtos que devem ficar fora por um tempo do livre-comércio. "O Brasil é muito competitivo no agronegócio e todo mundo tem medo. Ninguém quer depender de um outro país na parte de alimentos, é o esperado", afirmou Abijaodi. Já pelo lado brasileiro, setores da indústria deverão buscar se proteger dentro do acordo com o Canadá, mas, para o diretor, a cultura do industrial brasileiro mudou e ele vê cada vez mais que é necessário se abrir para esse tipo de acerto.



Fonte da Notícia: http://correio.rac.com.br/_conteudo/2018/03/mundo/535993-acordo-mercosul-canada-favorece-made-in-brazil.html




Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Letras de Música com temas Animais:

bullet  Riacho do navio

bullet  Milagre dos peixes

bullet  Tchuco no tchaco

bullet  Cachorro zeca pagodinho

bullet  A galinha pintadinha 3

Ver todas as Músicas

Dicas Veterinárias:

bullet  Como gastar o excesso de energia do seu cão

bullet  Novos pets em casa: dificuldades na hora da apresentação

bullet  Cães gostam de grama

bullet  Imprinting em cães: o que é e qual sua importância

bullet  A parvovirose canina em cães

Ver todas as Dicas Veterinárias

Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet  Darvin: darvin@adestradorpessoal.com.br http://www,adestradorpessoal.com.br

bullet  dr jo?o alfredo kleiner dvm, msc especialista em oftalmologia e clínica cirúrgica geral acvo ophthalmology course wisconsin, madison ? 1998 e-mail: docjak@vetweb.com.br

bullet  Rita Ericson http://bichosaudavel.com/meu cao late demais/

bullet  Sergio Lobato www.sergiolobato.com.br

bullet  Centro de Pesquisas Hospital Evandro Chagas Departamento de Doenças Infecciosas Serviço de Zoonoses Serviço de Dermatologia Infecciosa
http://www.inpa.com.br

Confira todos os Colunistas



Cinema, Filmes e Seriados:

bullet  K9 - um policial bom pra cachorro

bullet  Um natal bom pra cachorro (chilly christmas)

bullet  Famoso pra cachorro (in the doghouse)

bullet  O gato mais rico do mundo (the richest cat in the world)

bullet  Água para elefantes

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  A princesa e o sapo

bullet  Livro definitivo de dicas e sugestoes de jardinagem

bullet  Enfermidades dos cavalos

bullet  Sucesso na criação de pássaros canários e periquitos

bullet  Cães de guerra

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos