Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Raças & Espécies > Cavalos > Apaloosa




Apaloosa

 apaloosa
Appaloosa, a raça dos nez perce!
formada a partir dos cavalos introduzidos pelos colonizadores europeus na américa, estes animais de características inigualáveis, corriam soltos pela bacia do rio colúmbia e seus afluentes onde foram capturados e domesticados pelos nez perce, índios guerreiros que habitavam o vale do rio palouse, uma região dominada pelos colonizadores franceses os nez perce domavam os cavalos pintados, usando-os como meio de transporte, montaria de caça e como instrumento de guerra nas constantes batalhas com os brancos não por acaso que a imagem mundialmente se perpetuou da raça appaloosa é a do cavalo de indíos
as pelagens negra, alazã, castanha, zaina, baia, palomina, tordilha e rosilha ganharam composições como em nenhuma outra raça da espécie eqüina, com pintas e mantas brancas que destacavam sua beleza sobre os outros mustangues
ágeis, rústicos, velozes e resistentes, os cavalos pintados dos nez perce atraíam a atenção dos colonizadores, atribuindo-se aos franceses o nome que estes animais receberam, la palouse, numa referência ao rio de mesmo nome, situado, hoje, no estado do oregon excepcionais para cavalgadas de longas distâncias e na travessia de regiões íngremes e áridas, o cavalo dos nez perce foram submetidos a uma rigorosa seleção baseada na resistência, coragem e pelagem pintada os indivíduos que não acentuavam estas características eram castrados para não serem utilizados na reprodução e utilizados apenas como animal de montaria
historiadores acreditam que a origem de cavalos com a pelagem típica do moderno appaloosa é datada de 18mil anos ac pinturas rupestres encontradas na espanha e nas famosas cavernas de lascaux, na frança, desenhadas nessa época, revelam figuras de cavalos com características semelhantes as do appaloosa outros registros de cavalos pintados foram encontrados em pinturas chinesas datadas de 5000 anos ac e em cavalos selecionados na antiga pérsia há 1600 anos

na medida em que os colonizadores foram estabelecendo seus ranchos e implantando a pecuária no oeste americano, a captura de cavalos selvagens para utilização na lida se transformou em fator de sobrevivência
cobiçados pelo homem branco, os la palouse passaram a ser motivo de disputas constantes, notadamente quando foram estabelecidas as rotas comerciais entre o sul e o norte, necessitando-se percorrer grandes distâncias a cavalo surgiam as batalhas e a vida indígena começou a sofrer grandes alterações em 1877, num histórico confronto entre os nez perce e a cavalaria americana, os la palouse serviram de montaria de um povo inteiro numa rota de fuga que percorreu mais de dois mil quilômetros quando os nez perce se renderam em montana , estado americano na fronteira com o canadá, os cavalos que sobreviveram aos ataques foram distribuídos entre os soldados, deixados para trás ou simplesmente dispersos
depois de muito tempo, quase instintos, os palouse e a cultura que a ele era atribuída foram resgatados e apaixonados por estes animais, rancheiros, criadores, descendentes dos nez perce e leigos, do estado de idaho fundaram, na década de 30, o appaloosa horse club - aphc, entidade que se tinha por objetivo maior preservar a história da raça e garantir seu desenvolvimento dentre estes objetivos estava a utilização do cavalo no esporte e lazer, práticas que começaram a crescer na medida em que a mecanização invadiu a zona rural
buscava-se a seleção de animais fortes, ágeis, corajosos, mas que também que tivessem nos genes a capacidade de transmissão da pelagem exótica típica da raça no programa de seleção estabelecido a partir dos anos 30, foram feitas infusões de sangue de cavalos das raças árabe, puro-sangue-inglês e, predominantemente do quarto de milha
destes cruzamentos nasceu, no conceito dos americanos, um tipo de cavalo com características únicas como a pelagem pintada, os cascos rajados, a pele malhada e a esclerótica ocular branca posteriormente o appaloosa começou a ser utilizado em diferentes provas eqüestres, notadamente as chamadas western como apartação, rédeas, laço de bezerro, laço em dupla baseadas na lida dos ranchos, além de baliza, tambor, etc as habilidades do appaloosa como cavalo funcional e de esporte passaram a ser cultivadas em eventos públicos, especialmente nos rodeios, vitrine maior das competições dos rancheiros americanos
resgatado da quase extinção, o appalosa rompeu as fronteiras dos estados unidos a partir dos anos 50, se estabelecendo em outros países e continentes em nosso país chegou há três décadas, se expandiu a partir do estado de são paulo e já se consagra como o segundo maior e mais importante plantel mundial
contribuição: ruthe araújo e dr daniel zacharias zago (diretor técnico abccappaloosa)
fonte appaloosa horse club



Confira Sugestões de nomes para seu novo filhote

Pets Nomes Clique aqui !


Divulge essa Página com seus amigos nas redes sociais abaixo:







Outras raças e espécies:
Hanoveriano

Hanoveriano

Dales

Dales

Fell

Fell

Cleveland Bay

Cleveland Bay

Frederiksborg

Frederiksborg

Maremmana

Maremmana

Anglo Arabe

Anglo Arabe

Quarto de Milha

Quarto de Milha

OrlovTrotter

OrlovTrotter

Outros Conteudos Animais



Dicas Veterinárias:


Meu cachorro é maluco???


Parasite infecção (babesiose) em cães


O que fazer ao pegar um cao de rua?


Problemas de visão em cachorros


Leishmaniose visceral


Ver todas as Dicas Veterinárias


Letras de Música com temas Animais:


Clara crocodilo arrigo barnabé


Cobra Sucuri


Galo eu te amo almir rouche


Sai cachorro charanga e chará


Blues do iniciante


Ver todas as Músicas


Cinema, Filmes e Seriados:


Madagascar ii


Air bud: world pup


Mulher-gato (catwoman)


Netto e o domador de cavalos


Babe, o porquinho atrapalhado


Ver todos os filmes e seriados


Livros

Vida de cão


O gato que tocava brahms


O gato de botas


Passaro-camaleao, o


4 vidas de um cachorro



Ver todos os Livros


Colunistas


Hemovet Laboratório e Centro de hemoterapia veterinária M.V. Simone Gonçalves CRMV SP 10141 Rua José Macedo, 98. Pq São Lucas F. 29188050


Pedro Lauane Barbosa Campioni VET HOME clinica veterinária e banho e tosa vinhedosp (19) 38865677


Rubia Burnier


Autores


tatiana lermontov - frª 8331- rj fonoaudióloga, psicomotricista, eerapeuta al 24 de outubro 78 icaraí - niterói - rj (21) 2611-5626 / 9691-6646 centro de eqerapia pratique



Confira todos os Colunistas






Deixe seu comentários :




Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos
ConteudoAnimal.com.br ConteudoAnimal.com.br