Digite aqui a palavra-chave.






Redes Sociais


Instagram

Home Page > Dicas Veterinárias > Zoonoses: corrida do ouro




Zoonoses: corrida do ouro


Nosso país está passando por graves problemas sociais e o tema proteção animal é encarado com certo preconceito o que muitos governantes não percebem é que o perfil das pessoas que lutam pelos direitos dos animais mudou o defensor não é mais aquele que fica chorando pelo que está acontecendo, mas o que se informa, pesquisa e vai a luta apresenta sugestões e trabalha não só em defesa do animal, mas também como um colaborador, quando lhe é permitido, dos órgãos de saúde pública
em nosso trabalho de defesa animal nos deparamos com situações desgastantes mas nenhuma que se iguala a que encontramos quando nos deparamos com a forma como são encaradas as zoonoses (doenças como raiva, leishmaniose, leptospiros toxoplasmose) em nome delas, são sacrificados milhares de cães e gatos no mundo inteiro, como se a vida destes animais não tivesse nenhum propósito neste planeta e o homem fosse o senhor absoluto do universo nas grandes metrópoles, e mesmo em pequenos povoados, assistimos á depredação do meio ambiente, á falta de saneamento básico, a seres humanos convivendo com o lixo e a miséria, a governantes corruptos desviando verbas e a situações cada vez mais caóticas a interferência no meio ambiente a interferência do homem no meio ambiente (desmatamento, acúmulo de lixo, circulação de animais, etc) causou danos irreparáveis ao planeta e fez aparecer, em zonas urbanas, doenças como leishmaniose, leptospiros outras consideradas de zona rural quando os detentores do poder se deparam com estas doenças, começam a combatê-las matando cães e gatos esquecem-se que estes são vitimas das ações depredatórias do homem e que também sofrem com a doença é fácil sacrificar animais indefesos, tão fácil quanto é transferir a culpa pela incapacidade de resolver problemas tão primários toneladas de inseticidas são utilizadas para combater este ou aquele vetor muitos animais são mortos e suas carcaças jogadas em lixões a céu aberto ou em valas comuns prefeituras disputam, com estatísticas aterrorizadoras em mãos, verbas para combater esta ou aquela doença muitas zoonoses estão emergentes devido á depredação do meio ambiente ou técnicas laboratoriais mais eficientes ou, que é pior, devido a pesquisas dirigidas com a finalidade de disputar as verbas federais, equipamentos para laboratórios ou para alimentar o ego de alguns pesquisadores o cão ou o gato são as primeiras vítimas caso tenham algum envolvimento com a doença a leishmaniose que agora se alastra pelo brasil, a leptospirose, ou outra, não importa qual doença, a dinâmica é a mesma prefeituras disputam verbas com suas estatísticas e defensores dos animais tentam em vão salvar a vida de animais, vítimas inocentes se as verbas destinadas aos municípios fossem utilizadas para combater a raiz do problema, que com certeza não é o cão, nem o mosquito, nem o rato, mas a interferência do homem no meio onde vive, não teríamos tantas doenças que estão levando tanto o homem e como o animal ao sofrimento a (ir)responsabilidade do homem a partir do momento em que o homem domesticou o cão e o gato, tornou-se responsável por alimentá-lo, supervisioná-lo e, inclusive, interferir em sua capacidade reprodutiva através da esterilização, evitando assim a superpopulação e a disseminação de doenças quanto ao rato, ao mosquito e a outros vetores, o homem contribui proporcionando o habitat para os mesmos como acúmulo de lixo esgoto a céu aberto as zoonoses, muitas vezes, nos parecem minas de ouro e , pois a cidade que mais apresentar problemas recebe maior verba e assim, ano após ano, veremos animais sendo sacrificados em nome da saúde pública, como foi o caso de araçatuba (sp), e agora é a vez de são borja (rs) estampar as manchetes qual será a próxima cidade? ainda estamos consternados com as perdas causadas pela febre amarela, que elevou muitos bugios a morte, alguns pela doença, mas a maioria morta cruelmente pelo bicho homem com a intenção de se proteger da doença agora perguntamos: quantas pessoas morreram de febre amarela no rio grande do sul e quantas morreram de problemas provocados pela vacina? cobrem estes dados dos responsáveis este maneira alarmista e insensível de proteger a saúde tem feito vitimas inocentes que, no caso da febre amarela, também atingiu os seres humanos com a leishmanios instalada e no rio grande do sul, veremos milhares de cães serem abandonados e suas mortes serão inevitáveis, mesmo que pesquisas confirmem que matar cachorros não reduz a incidência da doença, mas as normas ditam: leishmanios em cães significa morte, fazendo do brasil o e único país que mata os cães soropositivos falta operador responsável para a máquina pública nós, cidadãos, estamos sustentando a máquina pública com o dinheiro de impostos, que são muitos, pagando para ver situações intermináveis de sofrimento de animais, e nenhuma solução de bom senso e o que ouvimos é que investir em vacinas (no caso de leishmaniose) não é interessante esterilização? nem pensar, não resolve o problema não somos sus cães e gatos mesmo que esterilizados continuam albergues de doenças estão sujeitos ao extermínio a situação se assemelha ao que acontece no nordeste: a seca assola a região, que recebe milhões em verbas todo o ano, mas nenhuma é investida na raiz do problema que é a e falta de água a seca continua sendo a e mina de ouro e do nordeste precisamos fiscalizar as verbas estamos acostumados com lamentos: falta verba para a saúde , não é feita medicina preventiva neste país, etc se analisarmos todas as verbas que chegam aos nossos municípios para o combate a dengue, leishmaniose, entre outras, e somarmos a que chega para o meio ambiente, saneamento básico e muitas outras, veremos que na realidade não é tão pouca como dizem nós, cidadãos, devemos nos unir e fiscalizar onde essas verbas estão sendo gastas e cobrar para que sejam gastas na e raiz do problema e , caso contrário, estaremos sujeitos a passar o resto de nossas vidas vendo os nossos animais sendo bodes expiatórios de uma política de saúde pública enganosa e viciada como, até hoje, os nordestinos são vítimas da seca e fome somente através da mudança da política de saúde pública é que conseguiremos evitar que milhares de cães e gatos sejam sacrificados em nosso país, pois não importa a gravidade da doença pode ser a raiva, uma doença mortal, ou uma simples verminose: qualquer uma é motivo para sacrifício de animais dentro da política atual vivemos numa ditadura em que os sanitaristas têm e poder de polícia nós temos que assistir o abuso praticado contra os animais em nome da saúde pública não importa qual o vetor nem a doença, o culpado pela disseminação do vetor e da doença sempre será o homem com a sua interferência no meio onde vive saúde se faz com educação, saneamento básico, respeito ao meio ambiente, erradicação da miséria fetivando políticas publicas com respeito a vida chega de matar animais em nome da saúde pública

internet

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Deixe seu comentários :






Profissionais Colunistas


bullet  Rui Miguel Adestrador comportamental telefone/whatsapp 31 994332943 BELO HORIZONTE-MG / CONTAGEM-MG

bullet  https://www.estimacao.com.br/caes e gatos adotar ou comprar doar ou vender/

bullet   Marco Antonio Gioso FMVZ USP

bullet  ana cláudia de souza andrade gatil gatto dimaili rua tarobá,95 - jdmaria luiza - cascavel, pr fones: (45)222-8797/9965-9935

bullet  marcelo f franco
médico veterinário
crmv-sp
clínica veterinária taquaral
av barão de itapura 2968- campinas/sp
fone: (19) 32553899
www.vettaquaral.com.br

Confira todos os Colunistas

Sugestão de nomes para filhotes:



bullet  Jagger bullet  Thunderbullet  Yemabullet  Zwergbullet  Zunco
Confira todas as sugestões de nomes



Perguntas mais frequentes


bullet  Eu sou vet ou profissional do ramo e quero incluir dicas veterinárias

bullet  Eu posso hospedar meu site no portal Conteudo Animal ?

bullet  Eu não encontrei material sobre meu pet ?

bullet  Quantos leitores acessam ConteudoAnimal.com.br ?

bullet  Conteudo Animal são gratuítos aos leitores ?

Ver todas perguntas mais frequentes

Dicas Veterinárias:


bullet  Doença periodontal

bullet  Como escolher acessórios para passear com seu cão

bullet  Acupuntura veterinária Visão Geral

bullet  Pitiose equina

bullet  Ensinando seu filhote a fazer xixi

Ver todas as Dicas Veterinárias

Letras de Música:


bullet  Passaro do amor

bullet  A pulga e o percevejo

bullet  O ovo e a galinha

bullet  Não abra essa caixa com cobras confraria da costa

bullet  Cavalos De Muda

Ver todas as Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bullet  Meu maior amigo

bullet  Como cães e gatos (cats e dogs)

bullet  O gato preto (the black cat)

bullet  Um homem chamado cavalo (a man called horse)

bullet  Qualquer gato vira-lata

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  O homem que amava os cachorros

bullet  O estranho caso do cachorro morto

bullet  Atlas colorido de anatomia veterinária do cão e gato

bullet  Quem e mais feliz: voce ou o seu cachorro?

bullet  Um gato indiscreto e outros contos

Ver todos os Livros

Declaração Universal dos Direitos dos Animais



Curiosidades do dia a dia :

bullet  Golfinho --> Estilo de Natação

bullet  Gato --> Homem bonito Ligação clandestina de Serviço Público engano, erro Pessoa que intermedia a contratação de pessoas ....normalmente no campo para trabalhar em plantações

bullet  Engatinhar --> Fase intermediária até o bebê conseguir andar

bullet  Com a Cachorra --> De Mal humor

bullet  Antena --> Instrumento que auxilia a sintonização de rádio, tv sistemas de GPS, sistema celular

Confira todas as curiosidade do cotidiano



Encurtador de URL:

URL:

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos