Digite aqui a palavra-chave.






Redes Sociais
pinterest


Instagram

Home Page > Dicas Veterinárias > Tratamentos alternativos para pets

pinterest



Tratamentos alternativos para pets


Sabia que homeopatia, florais, acupuntura e fitoterapia também podem ser eficazes para os bichinhos de estimação?


Tratamentos


98


  •  

  •  

  •  

  •  


Jhaddy nasceu com um problema crônico de desgaste da cartilagem da perna que, com a idade, acabou evoluindo para uma artrose. O melhor tratamento encontrado foi a homeopatia, ministrada em bolinhas e, depois, na forma de gotas.


Veja também: Enxoval básico para pets


A história dela seria como qualquer outra, não fosse um pequeno detalhe: Jhaddy foi uma vira-lata que por 15 anos deu muito amor e fidelidade à família da assessora de comunicação Daniella Belli.


“Quando ela tinha 8 anos, o veterinário recomendou uma colega especializada em homeopatia veterinária. Ela identificou nessa fonte de tratamento uma solução a longo prazo, que prejudicava muito menos a saúde da Jhaddy”, explica Daniella.


Não fosse essa alternativa, a cadelinha teria que utilizar anti-inflamatórios e analgésicos que poderiam causar sobrecarga no fígado, estômago e rins.


Daniella diz que tanto as bolinhas quanto as gotinhas eram muito bem administradas e toleradas e a cachorrinha nunca deu trabalho para tomar nem apresentou alguma reação à medicação.


Assim como Jhaddy, tem se tornado frequente o número de animais cujos donos recorrem a tratamentos alternativos para cuidar de problemas de saúde. Além da homeopatia e os florais de Bach, a fitoterapia e a acupuntura também são indicadas para pets.


Sintomas e mais um pouco


Todos essas alternativas podem ser indicadas para qualquer doença e para todos os animais – a homeopatia e a fitoterapia principalmente. Mas é importante sempre contar com a orientação de um veterinário.


A brasileira Mayra Poitena, veterinária holística e cocriadora da associação La Naranja Orgánica, entidade sediada em Barcelona (Espanha) dedicada à reconexão ecossocial, afirma que tais tratamentos oferecem muitas vantagens em comparação à alopatia e outros métodos tradicionais.


Entre elas, Mayra destaca o oferecimento de métodos menos agressivos para o organismo, já que não deixam resíduos ou efeitos secundários, exceto em alguns poucos casos.


“Os medicamentos são fáceis tanto para assimilar como eliminar, e buscam o bem-estar geral, inclusive tratando as emoções e não apenas a desaparecimento dos sintomas", esclarece.


Conforme explica, mais que tratar o paciente como um todo (corpo, mente, emoções, energia e espírito), essas intervenções atuam de forma global na relação entre os sistemas do organismo também.


Quando um animal tem um problema nos rins, procuramos atuar não só nesse órgão, mas buscamos depurar o sangue (já que os rins o filtram), orientar a uma dieta específica natural”, exemplifica.


Além disso, a veterinária conta que os medicamentos naturistas são ótimos agentes preventivos de outras enfermidades e um tipo de terapia muito mais respeitosa com o meio ambiente, evitando industrialização dos elementos naturais do planeta.


De acordo com a especialista, a relação entre o paciente e o médico costuma ser diferente, mais próxima, devido à crença de que uma vida mais tranquila e sem tanta pressa (muito presente nos tempos atuais) pode ajudar na recuperação e na prevenção de qualquer doença.


Conhecendo cada tratamento


Homeopatia


  • Na homeopatia são usadas substâncias específicas para cada doença ou sistema afetado ou, ainda, para lidar com os sintomas que o animal apresenta.

  • Os medicamentos homeopáticos vêm de produtos de origem vegetal, animal e mineral, que passam por uma tintura-mãe (também conhecida por TM) ou uma trituração do componente e depois se dilui até chegar a uma quantidade diminuta. “Por este motivo os medicamentos são prescritos e vendidos com um grau específico de diluição”, esclarece Mayra.

  • Os remédios podem ser na forma de pomada, gotas, grânulos, glóbulos e até injetável. A única diferença de administração entre a espécie humana e a animal ocorre nos glóbulos e grânulos. “Para humanos, eles devem ser colocados embaixo da língua e, para os animais, temos que dilui-los em um pouco de água, para que os pets não os descartem”, diz.

  • A homeopatia se baseia no uso de quantidades diminutas de substâncias que, em grandes doses, produziriam sintomas parecidos ao da doença que está sendo tratada. O objetivo é estimular a capacidade de reação do indivíduo frente a doença.


 


Fitoterapia


  • Também usa substâncias específicas para cada doença ou sistema afetado ou para trabalhar sintomas que o animal apresenta. Ainda é utilizada para prevenir doenças.

  • O tratamento busca a cura através das plantas. Sua filosofia se baseia na ideia de que uma única planta contém mais de um princípio ativo e, se os separamos, estamos tirando a poder da cura em seu processo mais completo e eficaz.


 


Florais de Bach


  • São opcões mais voltadas para problemas emocionais e de comportamento do animal. “Mas podem ser aplicados também em caso de doenças em que o bichinho se estressa com o mal-estar que podem causar determinados sintomas, ou se está muito letárgico, por exemplo”, diz Mayra.

  • Os Florais de Bach têm origem em 38 flores específicas originárias do País de Gales. Seu criador, o Dr. Edward Bach, além de médico era um grande investigador. Atualmente também existem outros tipos de florais que especificam determinadas regiões onde se encontram, tais como os com flores da Amazônia.

  • O uso dos florais se baseia no conceito de que a doença não é só o resultado de transtornos corporais, mas também dos sentimentos e emoções.


 


Acupuntura


  • Antigamente a acupuntura era utilizada para casos de dores tanto agudas como crônicas, mas com seu alto desenvolvimento e prática passou ser utilizada no tratamento da maioria das patologias.

  • É bastante indicada para: alterações nervosas e neurológicas, problemas músculo-esqueléticos, patologias gastrointestinais e respiratórias, reabilitação em cirurgias de traumatologia e para melhorar a resposta imunológica do animal.

  • A acupuntura consiste na introdução de agulhas bem finas embaixo da pele, em pontos específicos do corpo do animal, onde se agrupam os meridianos – os fluxos energéticos que conectam com os órgãos e tecidos). “O estímulo desses pontos com as agulhas influencia positivamente sobre os fluxos de energia do corpo e restabelece o equilíbrio energético e funcional do organismo”, argumenta a veterinária.


 


De olho nas contraindicações


Todas essas técnicas podem ser usadas em qualquer espécie de animais. Entretanto, é preciso ficar atenta a algumas reações adversas que podem ocorrer – e por isso, mais uma vez, é sempre necessário contar com a orientação de um veterinário especializado, que possa olhar para o bichinho como um todo.


Fêmeas prenhas pedem atenção especial. No caso da fitoterapia, algumas plantas podem dar um sabor diferente no leite, o que causaria rejeição por parte dos filhotes. "Existem ainda plantas que podem provocar aborto, como é o caso da camomila”, exemplifica a veterinária holística.


Determinadas plantas também podem ser tóxicas quando aplicadas a uma determinada espécie de animal – o que um bom especialista vai saber orientar melhor.


Falando em acupuntura, animaizinhos correm risco se as agulhas forem aplicadas em pontos incorretos ou se forem usadas em excesso, ok?



http://disneybabble.uol.com.br/br/pets/tratamentos alternativos para pets

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados Veja :


Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Deixe seu comentários :






Profissionais Colunistas


bullet  CEPAV Centro de Patologia Cl

bullet  Helena Monkevic Casarin clinica veterin

bullet  Priscila Thomazelli Atleta, Amazonas, Instrutora e Treinadora de Equita

bullet  M.V Helena Monkevic Casarin 19 993353793

bullet  Sergio Lobato www.sergiolobato.com.br

Confira todos os Colunistas

Sugestão de nomes para filhotes:



bullet  White bullet  Rannabullet  Hankbullet  Dexterbullet  Romer
Confira todas as sugestões de nomes



Perguntas mais frequentes


bullet  Quantas pessoas acessam o conteudoanimal.com.br, diariamente, mensalmente, anualmente ?

bullet  Como ajudar o ConteudoAnimal.com.br ?

bullet  Quais as formar de anunciar no Conteudo Animal?

bullet  Conteudo Animal são gratuítos aos leitores ?

bullet  As informações no ConteudoAnimal.com.br substituiem consulta veterinária?

Ver todas perguntas mais frequentes

Dicas Veterinárias:


bullet  Curiosidades sobre hamsters

bullet  Doença de pele devido a alergias alimentares em cães

bullet  Com que idade o animal pode e deve tomar banho?

bullet  Angiografia pulmonar

bullet  Dor (agudo, crônica e pós-operatória) em cães

Ver todas as Dicas Veterinárias

Letras de Música:


bullet  Receita de Mulher

bullet  O assassinato do camarão

bullet  O galo é o dono dos ovos sérgio godinho

bullet  Cachorro perigoso tche garotos

bullet  Segura o boi matheus fernandes

Ver todas as Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bullet  O cachorro que salvou o natal (the dog who saved christmas)

bullet  Feito cães e gatos (the truth about cats and dogs)

bullet  Gatos numa roubada (tomcats)

bullet  O gato (dr seuss the cat in the hat)

bullet  As crônicas de nárnia - o leão, a feiticeira e o guarda-roupa

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  Um gato indiscreto e outros contos

bullet  O estranho caso do cachorro morto

bullet  Cães de guerra

bullet  Um gato entre os pombos

bullet  Cachorro magro

Ver todos os Livros

Declaração Universal dos Direitos dos Animais



Curiosidades do dia a dia :

bullet  Cão Maior e Cão Menor --> Constelações Austrais

bullet  Olhos de Tigre ou de Águia --> Visão apurada

bullet  vender o peixe --> tratar de assuntos de sua especialidade e interesse

bullet  Animalista --> Artista Plástico especialista em reproduzir animais

bullet  Galo --> Tipo de machucado quando se bate a cabeça (da Madrugada) Bloco de Carnaval

Confira todas as curiosidade do cotidiano



Encurtador de URL:

URL:

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos