Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Dicas Veterinárias > Sindrome do navicular

pinterest



Sindrome do navicular


Sindrome-do-navicular


 

INTRODUÇÃO


A Síndrome do Navicular é uma das causas mais comuns de claudicação intermitente do membro anterior de cavalos, que começa a apresentar entre três e quinze anos de idade. Apesar dos membros posteriores também serem acometidos, esta é, em geral, uma doença do membro anterior. Acredita-se que, os principais fatores que podem levar a síndrome do navicular nos cavalos, encontramos os problemas de conformação, casqueamento, ferrageamento inadequados e exercícios em superfícies duras e pedregosa que agravam o problema. É uma doença degenerativa crônica progressiva que afeta o osso sesamóide distal (Navicular), bolsa do navicular e tendões flexores.


 


CAUSAS DA SÍNDROME DO NAVICULAR


A Síndrome do Navicular é uma doença de caráter circulatório, e causado por vários fatores, seja ele hereditário, ou predisponente. O osso navicular é pouco resistente, pequeno em relação ao tamanho dos cascos e o peso do animal, que também pode ser responsáveis pelo aparecimento da doença. Além disso, animais exercitados de forma repetitiva em pisos duros, com pedras e em superfícies irregulares, também estão predispostos a terem problemas ocorrendo desmineralização óssea.


 


SINTOMAS CLÍNICOS


Os Eqüinos afetados, normalmente apresentam histórico de claudicação intermitente, que reduz com o repouso. No estágio agudo da doença, o repouso levará a um desaparecimento dos sintomas clínicos, entretanto, os sinais reaparecem após trabalho intenso. Normalmente ambas as patas estão acometidas (bilateral), porém a claudicação só é observada em um dos membros, mas é uma doença que atingem os dois ossos naviculares.  Se ambos os membros estão envolvidos, freqüentemente o animal altera seu apoio como forma de aliviar a dor em um dos membros. Em movimento, o animal tende a apoiar primeiro a pinça da pata para evitar a concussão dos talões, levanta a cabeça quando pisa com a pata acometida no solo e ao exeme com a pinça, presença de sensibilidade nos sucos da ranilha e nos bulbos dos talões. Normalmente animais que têm esta doença, há um aumento significativo da claudicação quando é posto para trotar em superfícies irregulares, com pedras ou mesmo quando este faz uma curva sobre o membro afetado. No exame radiológico, encontramos o aumento dos forames nutrícios, desmineralização óssea e irregularidade nos bordos do navicular.


 


DIAGNÓSTICOS


- SINTOMAS CLÍNICOS
- Exame Radiográficos
- Ultrasonografia
- Centilografia
- Ressonância Magnética


 TRATAMENTO


CONSERVATIVO
- Antiinflamatórios.
- Vasodilatadores periféricos
- Casqueameto e Ferrageamento
- Infiltrações : 
 Intra-articulares /  Perineurais: 
- Fisioterapia


SHOCK WAVE: (Tratamento de Ondas de Choque)
OBS: CLINICAT e HORSE VET disponibilizam do serviço de tratamento “SHOCK WAVE”.
Dr. Valério Ribeiro e Dr. Marcelo Maia


CIRÚRGICO
- Neurectomia do Nervo Digital Palmar.



http://www.portaldoequino.com.br:3000/dicas/3

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos