Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Dicas Veterinárias > Orquiectomia

pinterest



Orquiectomia


Pode-se usar a abordagem pré-escrotal esta é mais comum e mais facilmente realizada

1- o paciente deve estar em decúbito dorsal esta regi?o deve ser preparada com depilação do abdome caudal e também da parte medial das coxas faz-se assepsia da regi?o pode-se utilizar álcool 70% e pvpi (povidona iodada)

2- a assepsia na mesa de cirurgia deve ser feita com auxílio de gaz da pinça de sheron
é melhor excluir o testículo do campo cirúrgico
faz-se uma pressão em um dos testículos para que este avance na direção pr e é-escrotal

3- a incisão é feita sob a pele o tecido subcutâneo ao longo da rafe mediana, sobre o testículo deslocado
continue a incisão através da fáscia espermática para exteriorizar o testículo ele deve ;pular assim que for liberado da t e única vaginal

a t e única albugínea não sofrerá incisão pois isso acarretaria em exposição do par?nquima testicular

4- exteriorize o testículo fazendo uma tração caudal (para fora)
identifique as estruturas do cord?o espermático
deve-se usar a tesoura para aumentar a visualização das estruturas

as estruturas são fixadas com 2 pinças hemostáticas a mais distal deve ser afrouxada no momento de confecção do nó

a t e única vaginal e o músculo cremáster devem ser ligados e seccionados

5- ligue individualmente o cord?o vascular e o ducto deferente depois coloque uma ligadura ao redor de ambos pode ser uma ligadura de transfixação

nestas fotos est?o faltando as duas pinças hemostáticas que deveriam estar apoiando o conjunto antes da confecção do nó

6- seccione tanto o ducto quanto o cord?o vascular
inspecione o toco para verificar se há hemorragia (se o nó ficou bem feito) e só depois solte a pinça hemostática dele

7- repetir o esquema com o outro testículo

8- basta 3 pontos simples separados para fechar o local da incisão após isso, faz-se a assepsia da regi?o com solução de nacl a 0,9% pode-se utilizar furosemida tópico no local

é bom tampar o local com gaz esparadrapo
considerações sobre fármacos utilizados ser?o abordados mais adiante

http://www.portaldeveterinaria.com/search?updatedmin=20080101T00:00:0003:00eupdatedmax=20090101T00:00:0003:00emaxresults=26

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos