Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Dicas Veterinárias > Haemobartonelose felina

pinterest



Haemobartonelose felina


A haemobartonelose felina, também conhecida como anemia infecciosa felina, trata-se de uma doença infecciosa que acomete os felinos e tem como agente etiológico a bactéria Haemobartonella felis.


O parasita causador desta moléstia é um agente primariamente hemotrópico, antigamente classificado como ricketsia, conhecido atualmente como microplasma. Este agente invada as hemácias (células vermelhas do sangue), resultando na destruição das mesmas e consequente anemia.


A transmissão da H. felis ocorre por meio da picada de carrapatos e pulgas contaminados. Também pode ser transmitido verticalmente, ou seja, da mãe para o filho e por meio de transfusão sanguínea.


A doença é caracterizada pela presença de duas fases: aguda e crônica. Na primeira, há esplenomegalia, enquanto que na segunda fase há anemia profunda, anorexia, perda de peso, depressão, fraqueza, febre, petéquias, podendo haver hemorragia gastrointestinal e icterícia. Também pode haver dores articulares em alguns animais. Embora apresentem anemia e/ou febre, os animais permanecem alertas e relativamente ativos.


O diagnóstico é feito por meio do histórico de infestação por pulgas ou carrapatos, juntamente com o quadro clínico apresentado pelo felino e hemograma. A confirmação é feita através da identificação do parasita em esfregaços sanguíneos, estando tipicamente sobre ou aderidos às hemácias. O sangue para o esfregaço sanguíneo deve ser retirado da ponta da orelha do animal.


O tratamento é feito utilizando-se fármacos como tetraciclina, vitaminas do complexo B, cetoprofeno e predinisona.


O prognóstico geralmente é favorável, caso o quadro anêmico seja revertido rapidamente. Contudo, alguns animais vêm a óbito devido ao volume globular extremamente baixo.


Em casos de comprometimento do sistema imunológico a doença volta a se manifestar, porém de forma mais branda, uma vez que já criou imunidade contra o agente em questão.



Débora Carvalho Meldau

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos