Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Dicas Veterinárias > Equoterapia

pinterest



Equoterapia


Na equoterapia o cavalo é utilizado como recurso terapêutico, ou seja, como instrumento de trabalho o movimento rítmico, preciso e tridimensional do cavalo, que ao caminhar se desloca para frete / trás, para os lados e para cima / baixo, pode ser comparado com a ação da pelve humana no andar, permitindo a todo instante entradas sensoriais em forma de propriocepção profunda, estimulações vestibular, olfativa, visual e auditiva na equoterapia o praticante receber por volta de 1800 a 2000 estímulos por sessão na parte física, o praticante da equoterapia é levado a acompanhar os movimentos do cavalo, tendo que manter o equilíbrio e coordenação para movimentar simultaneamente tronco, braços, ombros, cabeça e o restante do corpo, dentro de seus limites o movimento tridimensional do cavalo provoca um deslocamento do centro gravitacional do paciente, desenvolvendo o equilíbrio, a normalização do tônus, controle postural, coordenação, redução de espasmos, respiração, e informações proprioceptivas, estimulando não apenas o funcionamento de ângulos articulares, como o de músculos e circulação sangüínea, visto que se trabalha em cima da manta para se ter o contato direto do movimento do cavalo para o corpo do paciente na esfera social, a equoterapia é capaz de diminuir a agressividade, tornar o paciente mais sociável, melhorar sua auto-estima, diminuir antipatias, construir amizades e treinar padr?es de comportamento como: ajudar e ser ajudado, encaixar as exig?ncias do próprio indivíduo com as necessidades do grupo, aceitar as próprias limitações e as limitações do outro, facilitando assim a interação dele com a sociedade o fato de estar ao ar livre ajuda a relaxar, na redução rápida da ansiedade, a aliviar as tens?es do dia-dia, além de ajudar na correção de posturas corporais ajuda a desenvolver a personalidade como um todo, assim como favorece quebra de barreiras defensivas das pessoas e permite que labore novas respostas a comportamentos estabelecidos anteriormente durante toda a sessão, as terapeutas também ajudam a estimular a auto-confiança, auto-estima, independ?ncia, estimulação tátil, lateralidade, cor, organização e orientação espacial e temporal, memória, atenção, percepção visual e auditiva, direção, análise e síntese, raciocínio, e vários outros aspectos com o estímulo que o ambiente, o animal e os terapeutas proporcionam ao praticante de equoterapia a equoterapia é indicada no tratamento dos mais diversos tipos de comprometimentos motores, como paralisia cerebral, problemas neurológicos, como derrames ou síndromes neurológicas, problemas ortopédicos, posturais; comprometimentos mentais, como a síndrome de down, comprometimentos sociais, tais como: distúrbios de comportamento, autismo, esquizofrenia, psicoses; comprometimentos emocionais, defici?ncia visual, defici?ncia auditiva, problemas escolares, tais como distúrbio de atenção, percepção, fala, linguagem, hiperatividade, e pessoas ?saudáveis? que tenham problemas de postura, insônia, estresse no site ( www.equoterapia.com.br) você encontra a lista de indicações e contra-indicações

tatiana lermontov - fr? 8331- rj fonoaudióloga, psicomotricista, eerapeuta al 24 de outubro 78 icaraí - niterói - rj (21) 2611-5626 / 9691-6646 centro de eqerapia pratique

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos