Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Dicas Veterinárias > Choveu? cuidado com o pet durante a enchente

pinterest



Choveu? cuidado com o pet durante a enchente


Após um verão quente e seco, estar atento aos bichinhos nos dias de chuva é essencial
O verão deste ano foi bastante quente e seco. E, após esse panorama, as chuvas são comuns. O cenário normalmente se repete: excesso de chuvas, alagamentos, deslizamentos de terra, pessoas desalojadas e vidas perdidas. A população sofre e os animais de companhia padecem com seus donos. Indefesos, muitos cães e gatos se perdem, adoecem, ficam sem abrigo e não sobrevivem à força das águas. Diante dessa triste realidade, é importante redobrar a atenção e os cuidados com os pets, especialmente se tiveram contato com água de enchente. 


 


  • • Em situações de emergência, os animais devem ser tirados da área de risco junto com seus donos. Se isso não for possível, as autoridades locais, como a defesa civil, os bombeiros e até ONGs de proteção animal, devem ser acionadas para ajudar. 
  • • Quem mora em região com risco de alagamento deve evitar manter o animal preso a correntes. Além de comprometer sua qualidade de vida, essa prática impede que se defenda em caso de enchente. 
  • • Em regiões de chuva intensa, o alimento deve ficar estocado em local alto, seco e arejado, pois a umidade excessiva causa alterações que comprometem a qualidade do nutriente. 
  • • Não permita que o animal beba água de alagamento, pois pode estar contaminada.
  • • Alimentos que tenham sido atingidos por água de enchente devem ser descartados. 
  • • Utensílios que tenham entrado em contato com água possivelmente contaminada devem ser adequadamente higienizados. 
  • • Se um animal teve contato com água contaminada, é recomendada a sua higienização imediata, com banho e secagem apropriada, o que ajuda a evitar doenças de pele e ouvido.
  • • Deve-se observar a presença de possíveis lesões cutâneas, fraturas e outros processos traumáticos, bem como alterações na pele, nos olhos, nas fezes e secreções. Em caso de alteração, é importante levar o animal ao médico veterinário.
  • • Um pet assustado pode apresentar oscilações de apetite e dúvidas sobre onde fazer suas necessidades. Os tutores não precisam se alarmar, mas, se o comportamento persistir, é indicado passar pela avaliação de um médico veterinário.
  • • Cuidado com a leptospirose, doença transmitida por meio do contato com urina e fezes de ratos. Cães e gatos podem ser infectados e ainda transmitir a doença para humanos e outros bichos de companhia mediante o contato com urina, água, utensílios contaminados e o próprio sangue. Os cães podem apresentar febre, depressão, perda de apetite, vômito, desidratação, mucosas com coloração amarelada e alaranjada, pele amarelada, urina escura e até dor muscular. Em alguns casos de infecção leve, os sintomas podem demorar a aparecer, dificultando o diagnóstico. Na evolução da doença, observam-se insuficiência renal e hepática, hemorragias, lesões na pele e hematomas pelo corpo, bem como úlceras na boca e na língua. 
  • • Mantenha a vacinação do pet sempre atualizada. As vacinas múltiplas que previnem as principais doenças infecciosas são extremamente necessárias e podem salvar a vida do animal em situação de enchente. Em pets que vivem em áreas expostas a alagamentos, à presença de ratos e ao contato com esgoto, a vacina contra leptospirose deve ser administrada semestralmente.


http://www.caesamigos.com.br/materias/ler materia/162/choveu cuidado com o pet durante a enchente

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados


Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Letras de Música com temas Animais:

bullet  Incompatibilidade de gênios

bullet  Paga pau

bullet  Tenente bezerra

bullet  Rabo de galo polara

bullet  A galinha e o galo carijó galinha pintadinha

Ver todas as Músicas

Dicas Veterinárias:

bullet  Princípios de equitação

bullet  Como ? os animais tem direitos ??

bullet  Febre maculosa em cães

bullet  A longo prazo inflamação do estômago em cães

bullet  Doma verdadeira

Ver todas as Dicas Veterinárias

Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet  Kadu Camargo Professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, responsável pelo G.E.R.E. (Grupo de Estudos em Reprodução Equina PUCPR); Doutorando do Programa de Pós Graduação em Medicina Animal: Equinos, na área da Reprodução Equina da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). E mail: kaducamargo@gmail.com Leia mais sobre esse assunto em https://www.revistahorse.com.br/imprensa/cuidados durante a gestacao de eguas os primeiros 60 dias sao os mais criticos/20170410 175102 j086

bullet  https://www.estimacao.com.br/caes e gatos adotar ou comprar doar ou vender/

bullet  https://petanjo.com/blog/como fazer seu cachorro parar de destruir tudo/

bullet  https://dicaspeludas.blogspot.com.br/2012/11/sincope e o termo medico sinonimo para.html

bullet  Camila Mello, adestradora franqueada da C?o Cidad?o

Confira todos os Colunistas



Cinema, Filmes e Seriados:

bullet  O miado do gato (the cat s meow)

bullet  A fuga dos homens pássaros (the birdmen)

bullet  Bud 2 - o atleta de ouro - air bud: golden receiver

bullet  Tarzan

bullet  Animais unidos - jamais serão vencidos

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  Atlas colorido de anatomia veterinária do cão e gato

bullet  Livro definitivo de dicas e sugestoes de jardinagem

bullet  Livro de banho galinha pintadinha

bullet  O homem que amava os cachorros

bullet  Passo, trote, galope - uma familia e seus cavalos

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos