Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Dicas Veterinárias > A hora certa de realizar os exames de rotina em seu pet

pinterest



A hora certa de realizar os exames de rotina em seu pet


Prevenir é o melhor remédio. Você já deve ter escutado esta frase inúmeras vezes, correto? Por mais clich? que possa parecer, a afirmação deve ser levada muito a sério. Pense no caso dos pets, por exemplo. Suas dores e incômodos são manifestados de maneiras e formas que nem sempre seus donos conseguem decifrar. Portanto, para evitar o sofrimento do bichinho, confira a hora exata de realizar exames que visam deixar seu amig?o saudável. Segundo recomendações do veterinário clínico Maurício Zago Flocke, do Hospital Veterinário Universidade de Santo Amaro (SP), a melhor época para se iniciar a análise anual é quando o animal chega aos seis anos de idade. É geralmente nesta época que surgem alguns problemas sérios e isso acontece por estarem com idade um pouco mais avançada e a saúde debilitada. Mas o número de pets que realizam check-up periódico ainda é pequeno. Em muitos casos, as doenças graves são diagnosticadas apenas quando o animal apresenta outro problema, precisa ser atendido urgente, devido aos sintomas parecidos é necessária a realização de análises mais detalhadas. Este é o caso de Ione Catoria, publicitária e dona de um beagle de 8 anos. Recentemente la descobriu que seu companheiro tinha diabetes após uma visite de rotina ao veterinário. Por conta de outro problema que ele estava tratando, fizemos alguns exames e descobrimos que estava com a doença. Felizmente descobrimos a tempo e o veterinário iniciou o tratamento imediatamente , conta Ione.

Como são feitos os testes

A imagem sem o contexto clínico não representa muito. Para que um diagnóstico seja válido é preciso a combinação de um bom veterinário com um exame bem feito , diz Gustavo Tiaen, veterinário radiologista e ultrassonografista, do Hospital Veterinário Universidade de Santo Amaro (SP). Ainda de acordo com Tiaen, o momento da análise não é ruim para os bichos. Com a colaboração dos proprietários, eles permanecem calmos e sentem-se seguros.

Fique de Olho!

Se o seu bicho ainda não tem 6 anos de idade e apresenta um dos sintomas abaixo, leve-o para o hospital e faça a bateria de exames

  • Observe a quantidade de água que o animal está bebendo. Muita sed urina em demasia podem indicar problemas urinários

  • Atenção ao índice de massa corpórea do animal. Perder ou ganhar peso em curtos períodos representa problemas de saúde

  • O apetite do bicho também pode revelar que algo está errado. A falta de apetite, por exemplo, muitas vezes está relacionada a anemia.

Os exames mais pedidos

Hemograma: Avalia as células sanguíneas. Quando os níveis est?o elevados demais, podem indicar uma desidratação ou uma condição de estresse passageiro. Já quando os índices est?o demasiadamente baixos, sugerem problemas como anemia, presença de parasitas, doenças crônicas e até mesmo defici?ncias nutricionais.

Urina: Identifica infecções urinárias, diabetes, doenças renais e hepáticas. Uma boa densidade urinária, no caso dos cães é acima de 1.025. Já nos gatos esse número passa para 1.035.

Glicemia: Para realização desse o animal deve estar dentro dos padr?es de normalidade, que geralmente é de 125 mg/dL. Porém, é preciso cuidado ao interpretar os dados dess exame, já que os felinos apresentam hiperglicemia. Níveis anormais resultam em fatores como fraqueza, inclinação da cabeça, convuls?es e coma.

Ultrassom: Ele serve para fazer uma avaliação do estado dos órg?os internos (rimórg?os reprodutores). É neste exame que existe a possibilidade de identificar o aumento da próstata, por exemplo.

Radiografia: A partir desse tipo de exame detecta-se a aparição de doenças cardiovasculares e também pulmonares. Além disso, a displasia pode ser facilmente diagnosticada por meio dos raios X.



http://www.revistameupet.com.br

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos