Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Dicas Veterinárias > Ansiedade de separação em cães

pinterest



Ansiedade de separação em cães


Ansiedade de separação em cães geralmente são destrutivas ou inapropriada quando um proprietário deixa o animal de estimação ou não está na proximidade. Comportamentos que podem ser vistos incluem vocalização, destruindo objetos, escavação ou até mesmo depressão. Contudo, estes comportamentos também pode ser devido a outras condições ou estímulos ambientais. Portanto, é importante para o behaviorista ou veterinário para obter a história do cão antes de atribuir a ansiedade de separação como a causa primária ou exclusiva do comportamento.

Sintomas e tipos de

Ansiedade de separação faz com que alguns animais de estimação para ser extremamente destrutiva, enquanto seus donos estão fora. Normalmente a ansiedade de separação ocorre durante a primeira hora de deixar o proprietário. Eles também podem vocalizar, tentativa de seguir o proprietário, defecar ou urinar na casa. Alguns cães vão parar de comer, ato deprimido, esconder, whine ou calça. Estes cães geralmente se comportam de uma maneira excessivamente animado quando o dono volta para casa.

Diagnóstico

Outras condições comportamentais podem imitar a ansiedade de separação por isso é importante para analisar os sintomas e história do cão. Pode haver problemas médicos subjacentes, para ver um médico veterinário é um passo importante. Também, animais jovens podem ter outras razões para comportamentos semelhantes. Por exemplo, dentição gatinhos podem necessitar de coisas adequadas para mastigar ou não estar totalmente housetrained e não pode realmente estar sofrendo de ansiedade de separação.

Tratamento

Ansiedade de separação é baseada no medo. É importante assegurar que o cão que eles são seguros quando o proprietário não está presente e que o proprietário irá retornar. Modificação comportamental e ambiental é importante. Gradualmente eliminar o medo do cão e promover um sentido de segurança para o animal de estimação, muitos comportamentos podem mudar. O primeiro passo é avaliar o ambiente atual e comportamentos:

O que é que o cão faça o que o proprietário se prepara para sair?
O que faz o proprietário fazer o que ele / ela se prepara para sair?
O que faz o cão destruir?
Onde está o cão? Existem outros animais de estimação?
O que faz os brinquedos do cão tem disponíveis?

Mudanças ambientais, como rotação brinquedos diferentes, adição de brinquedos mais interativos e, gradualmente, ficando o cão usado para um tipo de caixa ou outros do meio ambiente pode ajudar. Mudanças comportamentais começar com as dicas do proprietário. Uma alteração ou eliminação da rotina quando um deixa proprietário ou volta para casa pode ajudar. É importante para o animal manter a calma diante de um proprietário folhas e quando o dono chega em casa.

Comportamentos levam tempo e consistência para mudar, para uma consulta com um behaviorista ou treinador experiente pode fazer uma diferença significativa para o sucesso do treinamento. Antidepressivos ou anti-ansiedade medicamentos (ansiolíticos) pode ser dada para cães com ansiedade de separação, mas não deve ser invocado como o único tratamento para a ansiedade de separação.

Gestão

Ser coerente ao tentar mudar comportamentos de ansiedade de separação é fundamental. Se os sintomas comportamentais melhoram, um proprietário pode ser capaz de taper a quantidade de medicação administrada e potencialmente interromper o uso de medicamentos após um período de tempo. Outras opções que podem funcionar se a modificação comportamental e ambiental não ajudam incluem doggy creche ou uma babá pet.



internet

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos