Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Dicas Veterinárias > Comportamento de cães e gatos

pinterest



Comportamento de cães e gatos


Se o seu cão morde, late demais, pula em você ou nas visitas, foge de casa, briga com os outros, persegue automóveis ou bicicletas, é possessivo, não deixa você dar banho, escovar, pegar no colo, limpar sua orelha ou cortar suas unhas, isso pode mudar existe uma especialidade veterinária denominada comportamento de cães e gatos, que pouca gente conhece não é adestramento, apesar do cão aprender a realizar truques, como sentar e deitar, mas uma espécie de psiquiatria para animais existem patologias comportamentais que podem e devem ser tratadas como uma doença qualquer há tratamento e prevenção para estes problemas dos animais de estimação antigamente a saída para problemas de comportamento era a doação ou abandono os donos, não contentes com certas atitudes de seu animal, simplesmente procuravam outra casa, ou soltavam os bichinhos na rua nos casos de animais agressivos, a eutanásia ?s vezes era a alternativa derradeira esta nova especialidade vem crescendo muito nos últimos anos nos estados unidos está chegando ao brasil infelizmente adestradores e zootecnistas acabam sendo procurados para resolver problemas que são responsabilidade do veterinário, pois só ele e está apto para o diagnóstico e tratamento destes distúrbios uma vez feito o diagnóstico, é normal que o veterinário comportamentalista encaminhe o tratamento para ser realizado por um adestrador ou zootecnista, mais ou menos como um ortopedista encaminha seus pacientes ao fisioterapeuta os dois devem trabalhar juntos filhotes devem aprender desde pequenos a ter limites, é muito importante ensiná-los corretamente nas escolhinhas de filhotes, os proprietários aprendem a treinar seus c?ezinhos, e mais importante ainda, ensiná-los a obedecer cães adultos, de qualquer idade aprendem de tudo, basta saber como fazer, e ter paci?ncia as consultas de comportamento animal ?consertam? seu cão o uso de drogas pode ser indicado dependendo da gravidade da situação estas só poder?o ser prescritas por médicos veterinários os problemas de comportamento v?o dos casos mais simples, de pura desobedi?ncia como no caso de pular nas visitas, até casos mais sérios de fobias de fogos de artifício a ataques aos próprios donos o mais importante é saber que seu cão não é maluco ou intratável, e que tudo tem conserto, desde que se tenha boa vontade e paci?ncia cada vez mais animais de estimação são reconhecidos como membro da família afinal, é preciso que cães e gatos possam desempenhar da melhor forma possível seu papel na sociedade: o de companheiro do homem luelyn jockymann
crmv-sp 14512
medeirosrr@terra.com.br
comportamentalista - clínica geral
diskvet clínica veterinária
sousas ? campinas
fone:19 3258-1887 se o seu cão morde, late demais, pula em você ou nas visitas, foge de casa, briga com os outros, persegue automóveis ou bicicletas, é possessivo, não deixa você dar banho, escovar, pegar no colo, limpar sua orelha ou cortar suas unhas, isso pode mudar existe uma especialidade veterinária denominada comportamento de cães e gatos, que pouca gente conhece não é adestramento, apesar do cão aprender a realizar truques, como sentar e deitar, mas uma espécie de psiquiatria para animais existem patologias comportamentais que podem e devem ser tratadas como uma doença qualquer há tratamento e prevenção para estes problemas dos animais de estimação antigamente a saída para problemas de comportamento era a doação ou abandono os donos, não contentes com certas atitudes de seu animal, simplesmente procuravam outra casa, ou soltavam os bichinhos na rua nos casos de animais agressivos, a eutanásia ?s vezes era a alternativa derradeira esta nova especialidade vem crescendo muito nos últimos anos nos estados unidos está chegando ao brasil infelizmente adestradores e zootecnistas acabam sendo procurados para resolver problemas que são responsabilidade do veterinário, pois só ele e está apto para o diagnóstico e tratamento destes distúrbios uma vez feito o diagnóstico, é normal que o veterinário comportamentalista encaminhe o tratamento para ser realizado por um adestrador ou zootecnista, mais ou menos como um ortopedista encaminha seus pacientes ao fisioterapeuta os dois devem trabalhar juntos filhotes devem aprender desde pequenos a ter limites, é muito importante ensiná-los corretamente nas escolhinhas de filhotes, os proprietários aprendem a treinar seus c?ezinhos, e mais importante ainda, ensiná-los a obedecer cães adultos, de qualquer idade aprendem de tudo, basta saber como fazer, e ter paci?ncia as consultas de comportamento animal ?consertam? seu cão o uso de drogas pode ser indicado dependendo da gravidade da situação estas só poder?o ser prescritas por médicos veterinários os problemas de comportamento v?o dos casos mais simples, de pura desobedi?ncia como no caso de pular nas visitas, até casos mais sérios de fobias de fogos de artifício a ataques aos próprios donos o mais importante é saber que seu cão não é maluco ou intratável, e que tudo tem conserto, desde que se tenha boa vontade e paci?ncia cada vez mais animais de estimação são reconhecidos como membro da família afinal, é preciso que cães e gatos possam desempenhar da melhor forma possível seu papel na sociedade: o de companheiro do homem

Luelyn Jockyman CRMVSP 14.512 Clínica Animaletto (19) 32589280 Av. Mário Garneiro 438 (Estrada do San Conrado) Sousas

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos