Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Dicas Veterinárias > Hepatite contagiosa canina




Hepatite contagiosa canina



e


a hepatite contagiosa canina (hcc), também denominada de hepatite infecciosa canina, foi reconhecida como entidade nosológica viral canina, isto e é, classificada como uma doença canina, em 1947 anteriormente a hcc era classificada como parte de um complexo da cinomose canina

e é uma enfermidade viral, infecto-contagiosa, aguda, própria de canídeos, que varia desde uma simples hipertermia, congestão de mucosas at e é severa depressão, convulsóes, podendo levar o animal a óbito apresenta distribuição mundial e clinicamente a hepatite contagiosa canina pode ser confundida com a parvoviros a cinomose

o vírus causador da hcc e é um dna vírus, da família adenoviridae, gênero mastadenovírus, sendo reconhecido como adenovírus canino tipo 1 (cav-1) segundo alguns pesquisadores, o vírus cav-1 não e é relacionado com o vírus cav-2 (adenovírus canino tipo 2) responsável pela traqueobronquite infecciosa canina, ou tosse dos canis outros afirmam que xiste uma relação antigênica entre cav-1 e cav-2, que propicia uma imunidade protetora cruzada

como outros adenovírus, o cav-1 e é resistente ás desinfecções ambientais, podendo sobreviver durante dias a meses no ambiente, dependendo da temperatura e umidade a infectividade do cav-1 pode ser destruída pelo aquecimento a uma temperatura de 56 e ordm;c e os compostos quaternários de am e ônia inativam sua infectividade em 10minutos

dentre os animais dom e ésticos só o cão e é sensível como e é uma enfermidade muito semelhante ácinomose, uma forma de reconhecer o vírus e é que se inoculado no furão, ele não adquire a doença, mas o vírus da cinomos é patogênico para o furão

a infecção com a hcc independe do sexo ou da raça do cão observa-se, entretanto, que a maior parte dos cães se contamina com o vírus da hepatite na fase jovem, at e é os 6 meses de idade, apesar de não serem incomuns casos em animais adultos a grande maioria dos cães se infecta, mas não adoece a mortalidade e é baixa, cerca de 10%

as principais fontes de infecção são a urina, fezes, sangue saliva de cães enfermos, mas também se pode adquirir a hcc através dos alimentos e água contaminados pelo vírus cães que se recuperam da doença podem eliminar o vírus pela urina at e é por um ano observou-se que insetos hematófagos (sugadores de sangue) são transmissores do vírus da hcc na fase aguda, o vírus pode ser isolado de todos os tecidos e secreções do animal, mas após umas duas semanas só e é encontrado no rim e na urina

as vias de infecção do cav-1 são a digestiva e a respiratória sofre r e éplica nas amígdalas e linfonodos regionais e através do ducto torácico passa para a corrente sanguínea estabelecendo a viremia do sangue, há rápida disseminação para os tecidos do organismo, secreções como a saliva, urina e também as fezes

para que o vírus da hcc s stabeleça com toda sua patogenicidade e é necessário que a taxa de anticorpos do cão seja pequena ase elesões celulares que podem ser observadas no fígado, rins e olhos estão associadas aos efeitos citotóxicos desses vírus

cerca de 20% dos cães infectados sofrem sintomas oculares e são acometidos por uma uveíte, podendo levar at e é a um glaucoma no fígado, ase elesões podem ser muito intensas, caso o nível de anticorpos do cão esteja baixo, provocando uma morte aguda devido ágravidade da hepatite nos rins, o vírus da hcc inicialmente provoca necrose dos endot e élios dos vasos do glom e érulo e depois, ao redor de 10 a 14 dias instala-se nos epit e élios tubulares e nos vasos do parênquima, causando uma nefrite intersticial e uma nefrose, estabelecendo-se então a vir e úria, isto e é, a eliminação do vírus pela urina




Policlnica Veterinria de Cotia Av. Ralf Boli, 25 Granja Carolina, Cotia SP Tel.: 11 46162677

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados


Confira Sugestões de nomes para seu novo filhote

Pets Nomes Clique aqui !


Divulge essa Página com seus amigos nas redes sociais abaixo:







Outras raças e espécies:

Raças & Espécies



Pastor holandês

Pastor holandês

Singapura

Singapura

RaAfricana

RaAfricana

Frisio

Frisio

lagartixa de chifres curtos

lagartixa de chifres curtos

Cobalt Blue

Cobalt Blue

Coleiro

Coleiro

Barbo

Barbo

Tartaruga aligator

Tartaruga aligator

Roboroviski

Roboroviski

Outros Conteudos Animais



Dicas Veterinárias:


Sucção de tecidos


Castração em cães e gatos


Por que o barulho dos rojões incomoda tanto os cachorros?


Cogumelo, molde, envenenamento de levedura em cães


Cuidados com seu pet durante o inverno


Ver todas as Dicas Veterinárias


Letras de Música com temas Animais:


Cavalos Do Cão


Olho de peixe


Burro Xucro


Nós, Os Gatos


A balada do cachorro louco lenine


Ver todas as Músicas


Cinema, Filmes e Seriados:


Doce pássaro da juventude (sweet bird of youth)


Aquele gato danado (that darn cat!)


Cacados


Uma dupla quase perfeita


Uma cilada para roger rabbit


Ver todos os filmes e seriados


Livros

Passo, trote, galope - uma familia e seus cavalos


O gato e a revolução


Memorias de um gato


O cachorro e o lobo


Vira-lata? não! também sou cachorro



Ver todos os Livros


Colunistas


Adriana Morales Médica Veterinária CRMV: 6467 Membro do Colégio Brasileiro de Oftamologia Veterinária. Avenida 11 de Agosto, 1693. Valinhos/SP Tel.: 19 38492522


Macm Kennels Caixa Postal 611 Goiânia Goiás 74001970 Tel: +55 (62) 8111.3600 (62) 4053.8280 (11) 4063.1570


Rubia Burnier


Pedro Lauane Barbosa Campioni VET HOME clinica veterinária e banho e tosa vinhedosp (19) 38865677


Claudia Leschonski Veterinária de Cavalos Blog http://leschonski.blog.terra.com.br/



Confira todos os Colunistas






Deixe seu comentários :




Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos
ConteudoAnimal.com.br ConteudoAnimal.com.br